Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.259,49
    -831,51 (-0,64%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.579,10
    -329,10 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,62
    -0,53 (-0,73%)
     
  • OURO

    1.819,40
    -42,00 (-2,26%)
     
  • BTC-USD

    38.713,59
    -1.089,83 (-2,74%)
     
  • CMC Crypto 200

    960,80
    -31,67 (-3,19%)
     
  • S&P500

    4.223,70
    -22,89 (-0,54%)
     
  • DOW JONES

    34.033,67
    -265,63 (-0,77%)
     
  • FTSE

    7.184,95
    +12,47 (+0,17%)
     
  • HANG SENG

    28.436,84
    -201,66 (-0,70%)
     
  • NIKKEI

    28.985,30
    -305,71 (-1,04%)
     
  • NASDAQ

    13.875,50
    -105,75 (-0,76%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0739
    +0,0119 (+0,20%)
     

“Bitcoin a US$ 40 mil é mais provável do que US$ 20 mil”, diz estrategista da Bloomberg

·2 minuto de leitura
Criptomoeda Bitcoin lanterna gráfico ações BTC
Criptomoeda Bitcoin lanterna gráfico ações BTC

Nas últimas semanas o Bitcoin está ficando em uma “zona de conforto” onde parece ter criado suporte e resistência entre US$ 31 e US$ 37 mil. Enquanto ele “balança” entre essas áreas, alguns apostam que ele vai cair de vez para US$ 20 mil, enquanto outros apostam em uma recuperação para valores acima de US$ 40 mil. Para Mike McGlone, um dos estrategistas da Bloomberg Intelligence, o Bitcoin tem muito mais chance de uma recuperação do que uma queda.

Em um postagem curta nas redes sociais, MikeMcGlone falou sobre a sua percepção do criptomercado atualmente com foco no movimento de preço do Bitcoin. Para ele a moeda demonstra muitos mais sinais de que vai se recuperar para a casa dos US$ 40 mil do que dá sinais de que vai cair para os US$ 20 mil.

“Capitulação do Bitcoin? US$ 40.000 me parece muito mais provável que US$ 20.000 — A queda do dia 8 de junho e uma volta a preços mais baixos para o suporte de US$ 30 mil teve muitos sinais de queda sentimental, um sinal típico de um fundo em um mercado de alta mais forte.”

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

A ideia é que, a recente queda do Bitcoin no dia 8 demonstra vários sinais de um fundo em um momento de alta, ao invés de uma reversão para um período de urso. A ideia de “queda sentimental” está relacionada com a percepção do mercado em um período curto, mas que não determina uma nova tendência para a moeda.

Vale lembrar que o Bitcoin “sofreu” uma série de ataques e diferentes ondas de FUD, algumas críticas válidas, outras nem tanto (como a picuinha de Elon Musk com a moeda).

Sendo assim, o Bitcoin demonstra uma forte resiliência contra o sentimento do mercado. Claro que o momento também foi balanceado com notícias que podem ser consideradas extremamente positivas para o ecossistema da moeda.

O mais importante agora para o preço do ativo é ficar de olho na resistência de US$ 40 mil (a nova barreira psicológica importante para o ativo) e o suporte dos US$ 30 mil, que foi constantemente testado nos últimos dias e se mostrou o mais importante ponto de apoio para o mercado.

Esses dois pontos formam a área em que o Bitcoin pode atuar nos próximos dias, antes de quebrar uma das duas barreiras e finalmente consolidar uma nova tendência de curto e médio prazo. Mas, como sempre, o criptomercado é um grande mistério e a análise técnica ainda não apresenta maneira garantida de determinar o preço do ativo.

Fonte: Livecoins

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos