Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.348,80
    -3.131,73 (-2,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.892,28
    -178,63 (-0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,04
    -1,53 (-2,86%)
     
  • OURO

    1.827,70
    -23,70 (-1,28%)
     
  • BTC-USD

    37.227,96
    +209,68 (+0,57%)
     
  • CMC Crypto 200

    701,93
    -33,21 (-4,52%)
     
  • S&P500

    3.768,25
    -27,29 (-0,72%)
     
  • DOW JONES

    30.814,26
    -177,26 (-0,57%)
     
  • FTSE

    6.735,71
    -66,25 (-0,97%)
     
  • HANG SENG

    28.573,86
    +77,00 (+0,27%)
     
  • NIKKEI

    28.519,18
    -179,08 (-0,62%)
     
  • NASDAQ

    12.759,00
    -142,00 (-1,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3926
    +0,0791 (+1,25%)
     

Bitcoin supera US$ 30.000 pela primeira vez

Alden Bentley
·1 minuto de leitura

Por Alden Bentley

(Reuters) - A moeda digital bitcoin ampliou seu recorde de alta neste sábado, começando o ano com um aumento de mais de 30.000 dólares pela primeira vez, com cada vez mais traders e investidores apostando que a criptomoeda está a caminho de se tornar uma popular forma de pagamento.

O preço da moeda digital mais popular do mundo chegou a 31.824 dólares no início do sábado, com quase todos os outros mercados fechados no primeiro fim de semana de 2021. A última alta foi de cerca de 8%, para 31.743 dólares.

O bitcoin saltou mais de 300% em 2020 e aumentou mais de 50% desde que ultrapassou os 20.000 dólares há apenas duas semanas.

A moeda blockchain existe há apenas cerca de uma década e, em 2020, viu a demanda de grandes investidores dos EUA crescer, atraídos por suas qualidades de proteção contra a inflação e potencial para ganhos rápidos, bem como expectativas de que se tornaria um método de pagamento convencional.