Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.880,82
    +1.174,91 (+0,97%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.219,26
    +389,95 (+0,80%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,51
    +1,69 (+2,65%)
     
  • OURO

    1.844,00
    +20,00 (+1,10%)
     
  • BTC-USD

    48.754,13
    -473,31 (-0,96%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.398,33
    +39,77 (+2,93%)
     
  • S&P500

    4.173,85
    +61,35 (+1,49%)
     
  • DOW JONES

    34.382,13
    +360,68 (+1,06%)
     
  • FTSE

    7.043,61
    +80,28 (+1,15%)
     
  • HANG SENG

    28.027,57
    +308,90 (+1,11%)
     
  • NIKKEI

    28.084,47
    +636,46 (+2,32%)
     
  • NASDAQ

    13.398,00
    +297,75 (+2,27%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4040
    -0,0085 (-0,13%)
     

Bitcoin sobe 8% e recupera-se parcialmente após derrocada

·1 minuto de leitura
.

LONDRES (Reuters) - O bitcoin chegou a subir 8% nesta segunda-feira, escapando da marca de cinco dias consecutivos de perdas, embora a criptomoeda tenha caído quase um quinto de seu valor em relação ao seu maior recorde no início deste mês.

Pela cotação mais recente, a alta de 6,7% do bitcoin levava a criptomoeda a valer 52.452,00 dólares, após atingir seu nível mais baixo desde o início de março no último domingo. Outras moedas importantes, o ethereum e o XRP, que tendem a se mover em conjunto com o bitcoin, subiam cerca de 5% e 11%, nesta ordem.

As criptomoedas tiveram uma queda drástica na última sexta-feira, devido à preocupação de que o plano do presidente dos EUA, Joe Biden, de aumentar os impostos sobre ganhos de capital, o que poderia reduzir investimentos em ativos digitais.

O bitcoin perdeu mais de 19% de seu valor em relação ao seu recorde de quase 65 mil dólares em 14 de abril. Ainda assim, a criptomoeda subiu mais de 80% este ano, apoiada pela crescente adoção de investidores e grandes empresas, como a Tesla.

(Reportagem de Tom Wilson)

REUTERS IL AAP