Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.669,90
    -643,33 (-0,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.627,67
    -560,48 (-1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    59,34
    -0,26 (-0,44%)
     
  • OURO

    1.744,10
    -14,10 (-0,80%)
     
  • BTC-USD

    59.945,50
    +1.692,26 (+2,91%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.235,89
    +8,34 (+0,68%)
     
  • S&P500

    4.128,80
    +31,63 (+0,77%)
     
  • DOW JONES

    33.800,60
    +297,03 (+0,89%)
     
  • FTSE

    6.915,75
    -26,47 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    28.698,80
    -309,27 (-1,07%)
     
  • NIKKEI

    29.768,06
    +59,08 (+0,20%)
     
  • NASDAQ

    13.811,00
    +63,25 (+0,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7625
    +0,1276 (+1,92%)
     

Bitcoin pode perder 90% do valor após pico, alerta investidor

Marcus Couto
·2 minuto de leitura
O investidor Bobby Lee. (Foto: In Pictures Ltd./Corbis via Getty Images)
O investidor Bobby Lee. (Foto: In Pictures Ltd./Corbis via Getty Images)
  • Bitcoin pode atingir até US$ 300 mil, segundo investidor Bobby Lee.

  • Ele faz sua análise com base em estudos de ciclos históricos do criptoativo.

  • Uma desvalorização brutal, de anos, poderia suceder pouco histórico.

O bitcoin pode atingir ainda este ano o valor de US$ 300 mil a unidade, segundo estimativas do investidor Bobby Lee.

Leia também:

Atualmente, o bitcoin é negociado a cerca de US$ 56 mil.

Mas, segundo Lee, que falou em entrevista à CNBC, o “tombo” consecutivo poderia ser violento, com a criptomoeda perdendo até 90% de seu valor e se mantendo em um “inverno” de desvalorização por anos.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Lee estima que o pico histórico, de US$ 100 mil ou até US$ 300 mil, possa ocorrer ainda este ano. Ele baseia suas estimativas na análise de ciclos históricos da criptomoeda, e no fato de que estaríamos, segundo sua análise, no início de um super ciclo de valorização.

Bitcoin

O bitcoin é a mais famosa e valiosa criptomoeda do mundo atualmente. Começou a ser negociada publicamente em 2010, quando custava centavos de dólar, e desde então vivenciou uma vertiginosa valorização.

Até 2020, seu preço flutuava em torno dos R$ 10 mil, e chegou a cerca de R$ 3 mil no ano passado.

Mas, a partir da virada do ano, o ativo viu seu preço subir constantemente, e agora é negociado a quase R$ 60 mil, depois do “embarque” de grandes empresas, como a Tesla de Elon Musk, e de outros participantes institucionais do mercado.

Criptomoedas

As criptomoedas são uma classe de ativos digitais, baseados na blockchain – uma espécie de “livro de registros” digital. Na blockchain, é possível registrar de forma transparente a entrada de novos bitcoins no mercado (após serem “minerados”) e também transações entre diferentes carteiras.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube