Mercado fechará em 1 h 25 min
  • BOVESPA

    108.466,77
    +1.799,12 (+1,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.717,69
    -514,51 (-0,97%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,27
    +1,84 (+2,15%)
     
  • OURO

    1.842,80
    +30,40 (+1,68%)
     
  • BTC-USD

    42.202,37
    +650,24 (+1,56%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.002,01
    +7,26 (+0,73%)
     
  • S&P500

    4.592,97
    +15,86 (+0,35%)
     
  • DOW JONES

    35.430,89
    +62,42 (+0,18%)
     
  • FTSE

    7.589,66
    +26,11 (+0,35%)
     
  • HANG SENG

    24.127,85
    +15,07 (+0,06%)
     
  • NIKKEI

    27.467,23
    -790,02 (-2,80%)
     
  • NASDAQ

    15.281,00
    +75,00 (+0,49%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2028
    -0,1043 (-1,65%)
     

Bitcoin foi o melhor investimento por 3 anos seguidos

·2 min de leitura

Na quarta-feira (05), Charlie Bilello, CEO da Compount Advisors, mostrou uma lista de ativos do mercado global com os maiores retornos nos últimos dez anos. Sem surpresa, o bitcoin lidera a lista por 3 anos consecutivos, com um margem de 66,5% ao ano só em 2021.

Os piores anos para o bitcoin foram 2014 e 2018, onde houve uma performance negativa de -54% (2014) e -73% (2018).

Aumento brusco do mercado

No relatório emitido pela Compount Advisors, Charlie Bilello destaca também o aumento brusco da capitalização total do mercado de criptomoedas, que fechou o ano de 2021 em US$ 2,26 bilhões.

O valor total do mercado de criptomoedas em 2021 foi 129 vezes maior de onde estava cinco anos antes, que se encontrava no valor de US$ 17,5 milhões no final de 2016.

Apesar dos grandes retornos oferecidos pelo bitcoin, o crescimento não foi linear, por consequência o mercado sofreu várias correções ao longo do ano de 2021, que foram capazes de liquidar muitos investidores de uma vez só.

Em meio de grande euforia, como as vividas em 2021, o gerenciamento de risco foi esquecido por vários investidores que acabaram se afundando junto a fortes correções no mercado.

Correções do bitcoin nos últimos 10 anos. Fonte: Compound

O que esperar para 2022?

Está claro que o otimismo ainda reina no mercado de criptomoedas, e de fato, ainda estamos atravessando um grande ciclo de alta, porém as expectativas de uma reversão no mercado são baixas.

Temos vários fatores que despertaram o interesse das pessoas para entrar neste novo mundo, entre elas, a impressão de dinheiro descontrolada pelos governos que como consequência gerou inflação, fenômeno ocorrido na maioria dos países, e que tende a continuar nos próximos anos.

A procura pela proteção de patrimônio levou pessoas, pequenas e grandes empresas a se refugiarem em ativos como bitcoin. A criptomoeda também viu um aumento de adoção, como o ocorrido em El Salvador.

Existem casos também de pessoas que entraram no mercado apenas por estarem entediados, como os americanos que recebiam dinheiro do governo (estímulos monetários), e colocaram o dinheiro fiat para trabalhar por eles.

Por fim, é de se esperar que a adoção das criptomoedas continue aumentando muito nos próximos anos, estamos apenas no começo.

Fonte: Livecoins

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos