Mercado fechará em 4 h 21 min
  • BOVESPA

    125.098,31
    -1.048,34 (-0,83%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.236,68
    -3,83 (-0,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,82
    -0,09 (-0,13%)
     
  • OURO

    1.800,50
    -4,90 (-0,27%)
     
  • BTC-USD

    32.410,75
    +135,72 (+0,42%)
     
  • CMC Crypto 200

    787,79
    -5,94 (-0,75%)
     
  • S&P500

    4.404,65
    +37,17 (+0,85%)
     
  • DOW JONES

    35.055,58
    +232,23 (+0,67%)
     
  • FTSE

    7.022,40
    +54,10 (+0,78%)
     
  • HANG SENG

    27.321,98
    -401,86 (-1,45%)
     
  • NIKKEI

    27.548,00
    +159,80 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.057,25
    +128,75 (+0,86%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0860
    -0,0342 (-0,56%)
     

Bitcoin ‘derrete’ a menos de US$30 mil com banimento ‘pra valer’ da China

·1 minuto de leitura
Bitcoin em baixa. (Foto: Getty Images)
Bitcoin em baixa. (Foto: Getty Images)
  • Bitcoin opera abaixo dos US$30 mil.

  • É o preço mais baixo desde janeiro.

  • Banimento na China assusta investidores.

Na manhã desta terça-feira (22) o Bitcoin rompeu uma importante linha de suporte para sua cotação: a faixa dos US$30 mil. No momento do fechamento deste texto, a criptomoeda mais famosa do mundo era cotada a cerca de US$29.96 mil.

Leia também:

É a primeira vez desde o fim de janeiro que a moeda é negociada abaixo de US$30 mil.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Analistas, entre eles o bilionário Mike Novogratz, acreditam que a correção possa ser ainda mais forte, e levar o preço do Bitcoin até a faixa dos US$25 mil.

Junto do Bitcoin, outras criptos também sentiam o baque nesta manhã: o Ether era negociado a US$$1,804 mil, com queda acumulada de 5.879% mas últimas 24 horas. A Dogecoin seguia em sua queda vertiginosa, acumulando quedas de mais de 17% nas últimas 24 horas, cotada a $0.178926.

Banimento na China

As criptos já vinham sofrendo com fortes pressões de venda desde que Elon Musk iniciou seus ataques contra o Bitcoin com a história da Tesla deixar de aceitar a moeda por conta de preocupações ambientais.

Com a cotação já fragilizada, o anúncio do banimento das criptos na China – e a sensação de que dessa vez é “pra valer” – terminou de corroer a confiança dos investidores.

Essa não foi a primeira vez que o governo central chinês anunciou o banimento do Bitcoin, mas agora ele está realmente aplicando essas medidas – obrigando o fechamento de “minas” de Bitcoin e forçando bancos a bloquear transações.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos