Mercado fechará em 4 h 15 min
  • BOVESPA

    129.555,08
    +787,62 (+0,61%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.189,30
    +59,42 (+0,12%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,51
    +0,66 (+0,91%)
     
  • OURO

    1.787,10
    +9,70 (+0,55%)
     
  • BTC-USD

    33.654,04
    +2.363,95 (+7,55%)
     
  • CMC Crypto 200

    808,58
    -1,62 (-0,20%)
     
  • S&P500

    4.248,58
    +2,14 (+0,05%)
     
  • DOW JONES

    33.923,60
    -21,98 (-0,06%)
     
  • FTSE

    7.088,79
    -1,22 (-0,02%)
     
  • HANG SENG

    28.817,07
    +507,31 (+1,79%)
     
  • NIKKEI

    28.874,89
    -9,24 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    14.259,75
    +1,50 (+0,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9411
    +0,0213 (+0,36%)
     

Bitcoin consome menos energia que bancos e ouro, diz gestora Galaxy Digital

·3 minuto de leitura

A Galaxy Digital lançou um relatório sobre o consumo de energia elétrica do Bitcoin, no qual detalha como a criptomoeda consome menos que indústrias financeiras tradicionais e o valor que isso acrescenta.

A análise usa cálculos diversos para determinar quanto de eletricidade a rede de Bitcoin usa e como ela se compara a outros mercados como o bancário e o de ouro.

<a href="https://docsend.com/view/adwmdeeyfvqwecj2" rel="nofollow noopener" target="_blank" data-ylk="slk:Consumo de energia – bancos, ouro, BTC. Fonte: Galaxy Digital" class="link rapid-noclick-resp">Consumo de energia – bancos, ouro, BTC. Fonte: Galaxy Digital</a>

Na sessão de abertura, os autores apontam que as críticas habituais sobre o uso de energia não se aplicam normalmente às indústrias tradicionais. Eles consideram o Bitcoin – cuja pegada de carbono já foi comparada à de Las Vegas – um ativo transparente, enquanto várias empresas são opacas, ou seja, não informam com frequência dados sobre seu consumo de energia.

Sistemas bancários e de ouro

Os autores não negam o argumento de que o Bitcoin consome muita energia, mas garantem que este é o fator principal que permite que a rede seja segura e robusta. Segundo os cálculos da Galaxy Digital, o consumo anual de eletricidade do Bitcoin é estimado em 113,89 TWh/ano. Em comparação, a soma do consumo de eletrodomésticos que sempre estão ligados, nos Estados Unidos, é de 1.375 TWh/ano, ou seja, 12,1 vezes maior que o do Bitcoin.

O consumo das indústrias bancárias e do ouro, por outro lado, são mais difíceis de estimar devido à falta de dados sobre o uso de eletricidade, ou seja, é difícil ter uma “conversa honesta” sobre o consumo do Bitcoin.

<a href="https://docsend.com/view/adwmdeeyfvqwecj2" rel="nofollow noopener" target="_blank" data-ylk="slk:Processos de produção e consumo de ouro. Fonte: Galaxy Digital" class="link rapid-noclick-resp">Processos de produção e consumo de ouro. Fonte: Galaxy Digital</a>

Os analistas estudaram todos os processos envolvidos na indústria do ouro, o que inclui a emissão direta e indireta de gases do efeito estufa, além daquelas feitas por processos de refino e reciclagem. Seu consumo estimado, calculado pela multiplicação de 100.408.508 toneladas de CO2 de emissões com o multiplicador de intensidade de carbono global IEA, é de 24,61 TWh/ano.

O relatório afirma que a indústria bancária é difícil de analisar porque ela não costuma informar diretamente seus dados de consumo de eletricidade. Por outro lado, ela usa data centers, filiais, caixas eletrônicos e redes de cartão de crédito, o que permite fazer uma estimativa de consumo de 238,92 TWh/ano para a indústria bancária, o equivalente a 2,3 vezes o usado pelo Bitcoin.

Narrativa centrada no uso de energia do Bitcoin

O relatório surge após a decisão da Tesla de parar de aceitar Bitcoin como forma de pagamento devido a preocupações acerca de seu consumo de energia. Este assunto tem sido usado como narrativa há anos mas só se tornou importante após o noticiário recente

Por outro lado, o verdadeiro argumento a favor do consumo de energia do Bitcoin é que o valor resultante pode ser justificado, ainda que em partes. A Galaxy Digital aponta que este valor é subjetivo e que o público em geral ainda está em cima do muro em relação à utilidade da criptomoeda.

O relatório da Galaxy Digital considera os argumentos são usados por detratores, pessoas que veem cripto como complementar ao sistema incumbente, além de apoiadores fiéis. Para os primeiros, ele diz que a criptomoeda pode trazer inclusão financeira a famílias em países com economia e política instáveis.

O artigo Bitcoin consome menos energia que bancos e ouro, diz gestora Galaxy Digital foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos