Mercado fechará em 4 mins
  • BOVESPA

    106.849,78
    -885,23 (-0,82%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.869,01
    -151,04 (-0,29%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,83
    +1,33 (+1,61%)
     
  • OURO

    1.795,80
    +13,90 (+0,78%)
     
  • BTC-USD

    60.660,56
    -2.057,73 (-3,28%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.446,06
    -56,97 (-3,79%)
     
  • S&P500

    4.546,40
    -3,38 (-0,07%)
     
  • DOW JONES

    35.706,37
    +103,29 (+0,29%)
     
  • FTSE

    7.204,55
    +14,25 (+0,20%)
     
  • HANG SENG

    26.126,93
    +109,40 (+0,42%)
     
  • NIKKEI

    28.804,85
    +96,27 (+0,34%)
     
  • NASDAQ

    15.362,75
    -116,00 (-0,75%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5765
    -0,0045 (-0,07%)
     

Bitcoin cai após China proibir transações com criptomoedas

·2 minuto de leitura
China bane Bitcoin. Imagem: Adobe Stock
China bane Bitcoin. Imagem: Adobe Stock

O preço do bitcoin caiu para menos de US $ 45.000 depois que o banco central da China anunciou que proibirá todas as transações com criptomoedas.

Nesta sexta-feira (24), o banco central da China anunciou que todos os serviços que permitem que moedas fiduciárias sejam trocadas por criptomoedas serão agora tratados como atividades ilegais.

O PBoC divulgou o memorando em 15 de setembro, mas o postou online hoje.

Em um comunicado, o Banco Popular da China disse que a medida é para evitar os riscos em torno do comércio de criptomoedas e para manter a segurança nacional e a estabilidade social.

Banco central da China anunciou que proibirá todas as transações com criptomoedas.
Banco central da China anunciou que proibirá todas as transações com criptomoedas.

Chineses não podem mais negociar criptomoedas

Este tratamento visa serviços de balcão ainda disponíveis na Huobi, OKEx e Binance que permitem que os usuários chineses troquem yuan por ativos digitais.

O aviso também afirma que a oferta de serviços de comércio de cripto-derivados na China também é um negócio ilegal, mesmo para corretoras estrangeiras que prestam o serviço a cidadãos chineses. No entanto, não está claro se Huobi, OKEx e Binance interromperão seus serviços OTC.

O banco central da China disse que as criptomoedas, incluindo Bitcoin e Tether, não podem circular no mercado por não serem moeda fiduciária.

O PBoC disse que intensificou sua infraestrutura para identificar transações relacionadas à criptomoedas e eliminar qualquer tipo de atividade especulativa de comércio. “As instituições financeiras e não bancárias de pagamento não podem oferecer serviços para atividades e operações relacionadas a moedas virtuais”, disse o banco.

Pânico

O governo chinês “reprimirá resolutamente a especulação com moeda virtual e atividades financeiras relacionadas e mau comportamento, a fim de salvaguardar as propriedades das pessoas e manter a ordem econômica, financeira e social”, disse o Banco Popular da China em um comunicado.

O movimento começou a causar pânico entre alguns investidores, derrubando o preço do bitcoin e de várias outras moedas. O Bitcoin caiu 5,5% no momento da publicação.

A Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma disse que estava lançando uma limpeza nacional da mineração de criptomoedas – uma tarefa que ela disse ser “imperativa”.

Esta não é a primeira vez que a China declara repressão às atividades relacionadas à criptomoedas, mas até agora muitas agências governamentais não haviam colaborado com esses esforços.

Fonte: Livecoins

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos