Mercado fechará em 2 h 18 min
  • BOVESPA

    123.689,97
    -2.313,89 (-1,84%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.875,32
    -22,47 (-0,04%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,26
    -0,65 (-0,90%)
     
  • OURO

    1.800,90
    +1,70 (+0,09%)
     
  • BTC-USD

    37.827,44
    -1.472,20 (-3,75%)
     
  • CMC Crypto 200

    893,72
    +17,49 (+2,00%)
     
  • S&P500

    4.377,69
    -44,61 (-1,01%)
     
  • DOW JONES

    34.941,92
    -202,39 (-0,58%)
     
  • FTSE

    6.996,08
    -29,35 (-0,42%)
     
  • HANG SENG

    25.086,43
    -1.105,89 (-4,22%)
     
  • NIKKEI

    27.970,22
    +136,93 (+0,49%)
     
  • NASDAQ

    14.795,00
    -322,75 (-2,13%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1248
    +0,0145 (+0,24%)
     

Bitcoin (BTC) se segura em US$ 34.000 e Axie Infinity (AXS) dispara

·3 minuto de leitura

O Bitcoin (BTC) conseguiu se segurar em um importante nível nas últimas 24 horas, evitando uma queda mais brusca que havia sido colocada na mesa após um desempenho fraco na segunda-feira (5).

No fechamento da matéria, o BTC era negociado a cerca de US$ 34.800, em alta de 1,9% nas últimas 24 horas. Na semana, porém, a criptomoeda ainda registra queda de 3,5%. O preço não consegue chegar aos US$ 36.000 desde o domingo (4), e os US$ 40.000 desde 16 de junho.

O que esperar para o Bitcoin

O movimento de terça-feira (6) não foi exatamente empolgante após o BTC falhar em subir para US$ 35.000. No entanto, de acordo com o analista de criptomoedas Valdrin Tahiri, os indicadores técnicos voltaram a levantar a possibilidade de um cenário mais otimista no longo prazo.

A situação de curto prazo, no entanto, permanece inconclusiva. O gráfico de seis horas mostra o preço negociado dentro de um triângulo simétrico, um termo técnico que normalmente indica um padrão neutro – ou seja, nem valorização nem desvalorização substancial. Os indicadores técnicos no gráfico de seis horas também estão indecisos.

Ainda segundo o analista, o gráfico mostra mais possível sinal positivo no que se chama de contagem de ondas. Dado o movimento do Bitcoin nas últimas 24 horas, ficou menor a possibilidade de ver novas quedas para a faixa dos US$ 23.000. O cenário pessimista seria validado com um recuo mais acentuado no último dia, o que não ocorreu.

Cenário negativo projeta um recuo acentuado para a faixa de US$ 23.000.
Cenário negativo projeta um recuo acentuado para a faixa de US$ 23.000.

Por outro lado, Tahiri considera complicado bater o martelo e projetar os próximos movimentos dada a existência do triângulo simétrico. Assim como já aconteceu outras vezes desde que o Bitcoin passou a ser negociado na faixa de US$ 34.000, não existe uma direção definida para o preço no curto prazo.

Isso mudaria se o BTC subisse acima de uma linha de resistência descendente criada no final de junho. Hoje, esta linha passa na casa dos US$ 35.800.

BTC precisa ultrapassar linha descendente de resistência na faixa de US$ 35.500 a US$ 36.000 para indicar mais otimismo.
BTC precisa ultrapassar linha descendente de resistência na faixa de US$ 35.500 a US$ 36.000 para indicar mais otimismo.

Movimento de altcoins

O valor total do mercado de criptomoedas subiu mais 0,3% hoje, chegando a US$ 1,52 trilhão. A maioria das criptomoedas no top 100 sobe no dia ou se mantém estável.

Nas primeiras posições por valor de mercado, Ethereum (ETH) avança 4,9%, a Binance Coin (BNB) 7,1% e a Polkadot (DOT) 9,1%. No entanto, outras mais atrás chegam a ganhar dois dígitos.

O Kucoin Token (KCS) é o que mais avança no momento, com alta de 29,8%, para US$ 14,18, seguido pela Axie Infinity (AXS), que cresce 28,1% no dia e já soma impressionantes 190% na semana. A Harmony (ONE) também se destaca com ganhos de 24% nas últimas 24 horas.

Já a ECOMI (OMI) é a que mais cai no dia, perdendo cerca de 14%. Por outro lado, o token OMI ainda acumula alta de quase 85% na semana.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos