Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.441,03
    -634,97 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,16 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,78
    -0,13 (-0,18%)
     
  • OURO

    1.879,50
    -0,10 (-0,01%)
     
  • BTC-USD

    38.820,04
    +2.866,42 (+7,97%)
     
  • CMC Crypto 200

    924,19
    -17,62 (-1,87%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,40 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.134,06
    +45,88 (+0,65%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    28.948,73
    -9,87 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    13.992,75
    -1,50 (-0,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1926
    +0,0391 (+0,64%)
     

Bitcoin ‘é uma reserva de valor digital escassa’, reconhece regulador dos EUA

·2 minuto de leitura

O novo chefe da Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC), Gary Gensler, acredita que falta segurança financeira no mercado de ativos digitais.

Em entrevista à rede americana CNBC, concedida na sexta-feira (7), o executivo afirmou que o Bitcoin é “uma reserva de valor digital escassa, mas extremamente volátil”. Além disso, Gensler acrescenta que a criptomoeda possui um valor “especulativo”, que precisa de mais proteção para investidores.

“Há investidores que querem negociar [Bitcoin] por causa de sua volatilidade e em alguns casos também por ter uma correlação menor com outros mercados. Eu acredito que nós precisamos de mais proteção aos investidores nesta área”.

Gensler já deu aulas de blockchain e tecnologias financeiras no Instituto de Tecnologia de Massachussetts e reconhece a atratividade do Bitcoin. Ele diz que a existência de uma autoridade de regulamentação para gerenciar as negociações em cripto seria uma forma de prevenir fraudes e outros tipos de problemas.

Para ele, a SEC deve ser “tecnologicamente neutra” em relação a inovações em mercados e o fato de muitas criptomoedas serem negociadas como ativos implica que elas deveriam estar na jurisdição do comitê.

“A SEC possui muita autoridade sobre algo que é, ainda que parcialmente, um título. E muitos tokens cripto – e eu me recuso a chamá-los de criptomoedas no momento – são na verdade títulos”, disse.

Outra preocupação de Gensler é a influência de redes sociais em mercados financeiros, outro sinal de volatilidade. Para ele,

“Nós precisamos atualizar nossas regras para garantir que investidores e indivíduos tenham seus direitos assegurados pela Primeira Emenda [da Constituição dos Estados Unidos] e de falar e de que, quando falem, não estejam enganando ou manipulando tanto o público quanto os mercados.”

O artigo Bitcoin ‘é uma reserva de valor digital escassa’, reconhece regulador dos EUA foi visto pela primeira vez em BeInCrypto.