Mercado fechará em 3 h 20 min
  • BOVESPA

    118.730,85
    -915,55 (-0,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.162,21
    +36,50 (+0,08%)
     
  • PETROLEO CRU

    53,09
    -0,22 (-0,41%)
     
  • OURO

    1.864,40
    -2,10 (-0,11%)
     
  • BTC-USD

    31.626,07
    -1.876,02 (-5,60%)
     
  • CMC Crypto 200

    628,77
    -51,13 (-7,52%)
     
  • S&P500

    3.859,71
    +7,86 (+0,20%)
     
  • DOW JONES

    31.244,09
    +55,71 (+0,18%)
     
  • FTSE

    6.721,77
    -18,62 (-0,28%)
     
  • HANG SENG

    29.927,76
    -34,71 (-0,12%)
     
  • NIKKEI

    28.756,86
    +233,60 (+0,82%)
     
  • NASDAQ

    13.364,25
    +70,00 (+0,53%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5328
    +0,1248 (+1,95%)
     

BioNTech e Pfizer vão entregar 300 milhões de doses de vacina à UE

·1 minuto de leitura
(Arquivo, reprodução de vídeo) O CEO da BioNTech, Ugur Sahin, participa de entrevista coletiva na sede da empresa, em Mainz, Alemanha

BioNTech e Pfizer confirmaram nesta terça-feira a entrega de 300 milhões de doses de sua vacina contra a Covid-19 à União Europeia (UE), que ativou uma opção de compra de outras 100 milhões de doses para 2021. 

A UE havia assinado um contrato com as empresas em novembro, no qual se comprometia, inicialmente, com 200 milhões de doses e se reservava o direito de pedir outros 100 milhões. "Nosso objetivo continua sendo fazer com que uma vacina eficaz esteja disponível em quantidade suficiente para o maior número de pessoas possível no mundo", declarou o representante da BioNTech, Ugur Sahin, citado no texto.

A campanha de vacinação começou no último fim de semana nos 27 países do bloco, após a aprovação da vacina Pfizer-BioNTech. Devido à falta de doses suficientes nesta etapa, autoridades decidiram priorizar os maiores de 80 anos e os trabalhadores da área de saúde.

ilp/fjb/pc/eg/lb