Mercado fechado
  • BOVESPA

    121.801,21
    -1.775,35 (-1,44%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.195,43
    -438,48 (-0,85%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,02
    -2,54 (-3,60%)
     
  • OURO

    1.809,60
    -0,50 (-0,03%)
     
  • BTC-USD

    39.740,72
    +1.529,95 (+4,00%)
     
  • CMC Crypto 200

    977,06
    +50,30 (+5,43%)
     
  • S&P500

    4.402,66
    -20,49 (-0,46%)
     
  • DOW JONES

    34.792,67
    -323,73 (-0,92%)
     
  • FTSE

    7.123,86
    +18,14 (+0,26%)
     
  • HANG SENG

    26.426,55
    +231,73 (+0,88%)
     
  • NIKKEI

    27.584,08
    -57,75 (-0,21%)
     
  • NASDAQ

    15.081,50
    +35,25 (+0,23%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1185
    -0,0470 (-0,76%)
     

Bilionários brasileiros perderam R$36 bilhões em 9 dias

·2 minuto de leitura
Jorge Paulo Lemann não é mais o homem mais rico do Brasil
Jorge Paulo Lemann não é mais o homem mais rico do Brasil
  • Brasileiros mais ricos tiveram tombo de R$36 bilhões em 9 dias.

  • Perdas correspondem a variações negativas em preços de ações.

  • Informações são da revista Forbes.

O grupo dos brasileiros mais rico perdeu, somados, cerca de R$36 bilhões apenas no mês de julho. As informações são de reportagem da revista Forbes.

Leia também:

As perdas correspondem às variações dos preços das ações das empresas às quais essas fortunas estão atreladas, entre os dias 1 e 9 de julho.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Com variações negativas, consequentemente, o valor total das fortunas caiu.

Segundo a revista, apenas os três fundadores da Ambev, Jorge Paulo Lemann, Marcel Herrmann Telles e Carlos Alberto Sicupira, perderam no período o equivalente a R$5,17 bilhões.

Cofundador do Facebook é o mais rico do Brasil

O empreendedor brasileiro Eduardo Saverin, cofundador com Mark Zuckerberg do Facebook, em 2004, na época em que ambos estudavam em Harvard, assumiu o posto de brasileiro mais rico. Sua fortuna é avaliada pela revista Forbes em mais de R$99 bilhões.

O dinheiro vem de sua participação acionária no Facebook, mas também de investimentos em outras startups. Saverin tem 39 anos.

Lemann liderava a lista

O investidor bilionário Jorge Paulo Lemann fica agora em segundo na lista das pessoas mais ricas do Brasil organizada pela revista Forbes.

Agora, Lemann aparece com uma fortuna estimada em cerca de R$98 bilhões, pouco atrás de Saverin.

Seu patrimônio vem principalmente das mega-aquisições e fusões que ele realizou por meio de seu fundo de investimentos 3G Capital, fundado em 2004.

Lemann está por trás de negócios milionários na última década, que incluem a formação da maior cervejaria do mundo, a AB Inbev, a aquisição da rede de fast-food Burger King e da fabricante de condimentos Heinz.

Estreantes na lista brasileira

Neste ano, a lista das pessoas mais ricas do mundo elaborada pela revista Forbes ganhou dez novos integrantes que fizeram sua fortuna no Brasil, entre eles David Vélez, o engenheiro colombiano cofundador da fintech Nubank, e o brasileiro Guilherme Benchimol, criador da corretora de investimentos XP.

Neste ano, a Forbes elencou sua lista a partir dos países de residência desses empresários, e por isso Vélez, nascido em Medellín, na Colômbia, aparece na lista dos brasileiros.

O cofundador do Nubank aparece com uma fortuna estimada em US$ 5,2 bilhões, ou R$ 29 bilhões.

Já Benchimol, da XP, que recentemente se afastou do cargo de presidente executivo para ocupar o conselho da empresa, tem patrimônio estimado em US$ 2,6 bilhões, ou R$ 14,5 bilhões.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos