Mercado abrirá em 9 h 49 min
  • BOVESPA

    116.464,06
    -915,94 (-0,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.053,56
    -72,94 (-0,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,75
    +0,14 (+0,27%)
     
  • OURO

    1.844,40
    -6,50 (-0,35%)
     
  • BTC-USD

    32.174,75
    -177,09 (-0,55%)
     
  • CMC Crypto 200

    648,22
    +0,90 (+0,14%)
     
  • S&P500

    3.849,62
    -5,74 (-0,15%)
     
  • DOW JONES

    30.937,04
    -22,96 (-0,07%)
     
  • FTSE

    6.654,01
    +15,16 (+0,23%)
     
  • HANG SENG

    29.468,07
    +76,81 (+0,26%)
     
  • NIKKEI

    28.635,50
    +89,30 (+0,31%)
     
  • NASDAQ

    13.548,25
    +62,75 (+0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5119
    +0,0011 (+0,02%)
     

Bilionário do Twitter considera compra de empresa de Jay-Z, dizem fontes

Marcus Couto
·1 minuto de leitura
O empresário e rapper Jay-Z. (Foto: Greg Allen/Invision/AP, File)
O empresário e rapper Jay-Z. (Foto: Greg Allen/Invision/AP, File)

O empresário bilionário Jack Dorsey, cofundador e executivo-chefe do Twitter, teve conversas com o rapper e empresário Jay-Z sobre uma possível compra de sua plataforma de streaming de música, o Tidal.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

As informações foram repassadas para a rede de notícias Bloomberg por fontes que tiveram acesso às conversas entre os dois empresários, que passaram dias de férias juntos, com a família, duas vezes neste ano.

Leia também:

Eles chegaram a passar dias juntos no Havaí, segundo a reportagem da Bloomberg.

A compra seria feita através da plataforma de pagamentos Square, empresa onde Dorsey também atua como executivo-chefe. Seria parte de uma estratégia da empresa de diversificar seus campos de atuação.

Apesar de o Tidal ter sido lançado em 2015 com força total e apoio de celebridades da música, como Madonna e Daft Punk, o crescimento de outros concorrentes, como Spotify, e a entrada da Apple no jogo tornaram os planos da plataforma mais difíceis, segundo analistas do segmento da música e da tecnologia ouvidos pela reportagem.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube