Mercado abrirá em 6 h 45 min
  • BOVESPA

    129.513,62
    +1.085,64 (+0,85%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.558,32
    +387,54 (+0,77%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,49
    +0,19 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.779,40
    +2,70 (+0,15%)
     
  • BTC-USD

    34.526,73
    +1.691,95 (+5,15%)
     
  • CMC Crypto 200

    830,70
    +44,08 (+5,60%)
     
  • S&P500

    4.266,49
    +24,65 (+0,58%)
     
  • DOW JONES

    34.196,82
    +322,58 (+0,95%)
     
  • FTSE

    7.109,97
    +35,91 (+0,51%)
     
  • HANG SENG

    29.267,86
    +385,40 (+1,33%)
     
  • NIKKEI

    29.058,95
    +183,72 (+0,64%)
     
  • NASDAQ

    14.357,25
    +3,00 (+0,02%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,8661
    +0,0038 (+0,06%)
     

Bilionário do Twitter compartilha vídeo que acusa FMI de explorar países pobres

·1 minuto de leitura
Jack Dorsey, cofundador do Twitter. (Foto: Joe Raedle/Getty Images)
Jack Dorsey, cofundador do Twitter. (Foto: Joe Raedle/Getty Images)
  • Jack Dorsey compartilhou vídeo que acusa FMI de explorar países pobres.

  • Dorsey é o criador do Twitter.

  • Ele é um dos mais vocais apoiadores do Bitcoin.

O bilionário americano Jack Dorsey, cofundador do Twitter e atual executivo-chefe da empresa, compartilhou em sua própria rede social um vídeo que acusa o Fundo Monetário Internacional de explorar países pobres.

Leia também:

O vídeo argumenta que o FMI empresta dinheiro em países ricos em recursos naturais, mas com economias desestruturadas, apenas para financiar a exploração desses mesmos recursos via empresas estrangeiras, por sua vez ligadas ao FMI.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

No fim, argumenta o vídeo, quem precisa pagar a conta é o próprio povo, geralmente vendendo seus próprios recursos a preços mais baixos.

Assista (em inglês):

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Dorsey compartilhou o vídeo no contexto da reprovação do FMI ao movimento de El Salvador de adotar o Bitcoin como moeda legal.

O criador do Twitter é um dos mais vocais apoiadores do Bitcoin, e participou recentemente de uma conferência em Miami onde falou que abandonaria o Twitter para trabalhar integralmente no Bitcoin se pudesse.

Como chefe da empresa de pagamentos Square, Dorsey também anunciou o desenvolvimento de uma carteira física para armazenamento de Bitcoins e também a compra de criptomoedas.

O Bitcoin é hoje a principal e mais valiosa criptomoeda do mundo. Uma única unidade da moeda custa hoje cerca de US$36 mil.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos