Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.376,35
    -737,80 (-0,68%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.006,11
    +197,55 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    78,43
    -0,07 (-0,09%)
     
  • OURO

    1.635,90
    -0,30 (-0,02%)
     
  • BTC-USD

    19.098,53
    -71,93 (-0,38%)
     
  • CMC Crypto 200

    436,57
    -22,57 (-4,92%)
     
  • S&P500

    3.647,29
    -7,75 (-0,21%)
     
  • DOW JONES

    29.134,99
    -125,82 (-0,43%)
     
  • FTSE

    6.984,59
    -36,36 (-0,52%)
     
  • HANG SENG

    17.860,31
    +5,17 (+0,03%)
     
  • NIKKEI

    26.571,87
    +140,32 (+0,53%)
     
  • NASDAQ

    11.367,00
    +33,25 (+0,29%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1399
    -0,0200 (-0,39%)
     

Bilionário chinês perde quase R$ 7 bilhões em um dia

·2 min de leitura
Empresa chinesa Evergrande
Colapso na empresa Evergrande pode afetar economia mundial; companhia já tem sido chamada de Lehman Brothers chinês
(Katherine Cheng/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
  • Zhang Yuanlin perdeu quase R$ 7 bilhões nesta segunda-feira, 20

  • O motivo da queda tem a ver com a crise enfrentada pela empresa chinesa Evergrande

  • O colapso da construtora já tem impacto as ações brasileiras

O bilionário chinês Zhang Yuanlin, presidente da Sinic Holdings Group – conglomerado do setor imobiliário em Xangai - perdeu quase R$ 7 bilhões em um único dia. Nesta segunda feira, 20, o empresário viu sua fortuna ser reduzida de R$ 6,9 bilhões para R$ 1,3 bilhão.

O motivo da queda tem a ver com o colapso enfrentado pela Evergrande, um dos maiores grupos de construção da China. A crise que a empresa enfrenta tem preocupado a economia mundial e ela já tem sido chamada de Lehman Brothers chinês. Lehman Brothers foi o banco norte-americano que faliu e deu início à crise econômica em 2008.

Leia também:

Por conta da queda de 87% da Sinic Holdings Group na Bolsa de Valores local, Yuanlin foi obrigado a parar suas operações, resultando em pânico por parte dos investidores. O magnata chegou a integrar a lista de bilionários da Forbes neste ano e conseguiu construir sua fortuna por meio da venda de apartamentos de alto nível.

Crise na Evergrande

A crise enfrentada pela Evergrande pode impactar ainda mais as empresas de Yuanlin, especialmente se ela não pagar suas dívidas. Além disso, a desaceleração da economia chinesa já repercute no Ibovespa, com queda nas ações da Vale e da Petrobrás. A China é um dos principais parceiros econômicos do Brasil.

A preocupação também se concentra devido ao fato de que o setor imobiliário representa 25% do Produto Interno Bruto (PIB) chinês, e a desvalorização do mercado pode trazer impactos bastante negativos para o país.