Mercado fechará em 50 mins
  • BOVESPA

    107.240,04
    +992,89 (+0,93%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.472,09
    +1.078,06 (+2,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    112,44
    +2,85 (+2,60%)
     
  • OURO

    1.838,60
    +22,70 (+1,25%)
     
  • BTC-USD

    30.188,76
    +780,44 (+2,65%)
     
  • CMC Crypto 200

    671,73
    +19,49 (+2,99%)
     
  • S&P500

    3.931,03
    +7,35 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    31.459,09
    -30,98 (-0,10%)
     
  • FTSE

    7.302,74
    -135,35 (-1,82%)
     
  • HANG SENG

    20.120,68
    -523,62 (-2,54%)
     
  • NIKKEI

    26.402,84
    -508,36 (-1,89%)
     
  • NASDAQ

    12.016,25
    +80,75 (+0,68%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1923
    -0,0260 (-0,50%)
     

Em quatro anos, Big Mac ficou 66% mais caro

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Uma ida a rede de fast food está cada vez mais cara (Getty Image)
Uma ida a rede de fast food está cada vez mais cara (Getty Image)
  • Valor do combo com o lanche aumentou consideravelmente ao longo dos anos

  • O Brasil é o 58º lugar mais caro para comer Big Mac no mundo

  • Apesar dos reajustes, rede de restaurantes continua em alta no Brasil

Fazer uma parada no fast food está cada vez mais caro. Para os fãs do Big Mac, lanche clássico do Mcdonalds, a refeição passou a custar 66% a mais em apenas 4 anos.

Uma pesquisa realizada pela Cuponation mostrou que a inflação tem influenciado diretamente no valor de alimentos como esse, fazendo com que o lanche ocupe a posição 58º na lista de lugares mais caros do mundo para comer Big Mac.

O combo com o sanduiche custa, em média, R$30. Quatro anos atrás, era possível comer essa mesma combinação por R$18, sendo que o brasileiro já pagava 4 vezes mais do que um norte-americano para poder degustar um dos lanches mais vendidos pela rede de restaurantes.

Em uma composição familiar de 4 pessoas, uma rápida parada no McDonald 's poderia significar o gasto de R$120, o equivalente a quase 10% do salário minimo atual, fixado em R$ 1.212.

No ranking realizado, Israel ainda é a nação com o valor mais caro, custando R$76,90 pela combinação de lanche e acompanhamentos. Na Suíça, é necessário gastar R$75,94 pelo combo e na Islândia custa R$71,52.

Já Tunísia, Malásia e Indonésia são os lugares mais baratos para comprar a combinação de produtos vendidos no fast food.

McDonald's continua em alta no Brasil apesar dos preços

O Credit Suisse fez um balanço comparativo entre o McDonald's Burger King no primeiro trimestre de 2022 e os analistas do banco avaliam que a vitória foi para a rede do Big Mac.

“A Arcos Dourados deve continuar se beneficiando da maior exposição a restaurantes independentes e da estratégia 3D’s (digital, delivery e drive-thru)”, defendem.

De acordo com os analistas, a receita líquida da empresa no Brasil deve disparar 45% em relação ao mesmo período de 2021, para 1,4 bilhão de reais.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos