Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.812,87
    +105,11 (+0,09%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.729,80
    -4,24 (-0,01%)
     
  • PETROLEO CRU

    90,53
    +0,03 (+0,03%)
     
  • OURO

    1.768,00
    -3,20 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    22.810,89
    -643,38 (-2,74%)
     
  • CMC Crypto 200

    542,15
    -15,58 (-2,79%)
     
  • S&P500

    4.283,74
    +9,70 (+0,23%)
     
  • DOW JONES

    33.999,04
    +18,72 (+0,06%)
     
  • FTSE

    7.541,85
    +26,10 (+0,35%)
     
  • HANG SENG

    19.656,80
    -107,11 (-0,54%)
     
  • NIKKEI

    28.981,52
    +39,38 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    13.490,50
    -32,75 (-0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2062
    -0,0076 (-0,15%)
     

Biden fará ligação por vídeo com Putin na terça-feira sobre a Ucrânia, diz fonte

·1 min de leitura

Por Steve Holland

WASHINGTON (Reuters) - O presidente norte-americano Joe Biden realizará uma ligação por vídeo com o presidente russo Vladimir Putin na terça-feira, disseram o Kremlin e uma fonte dos EUA com conhecimento do assunto neste sábado.

Os dois planejam discutir as preocupações dos EUA em relação às movimentações militares da Rússia na fronteira com a Ucrânia e outros assuntos, afirmou a fonte norte-americana. Também discutirão laços bilaterais e a implementação de acordos firmados na cúpula de Genebra em junho, disse o Kremlin à Reuters neste sábado.

Biden ainda discutirá estabilidade estratégica, questões cibernéticas e regionais. O momento exato da ligação não foi divulgado.

Mais de 94.000 tropas russas estão aglomeradas perto da fronteira da Ucrânia. O ministro da Defesa da Ucrânia, Oleksii Reznikov, disse na sexta-feira que Moscou pode estar planejando uma ofensiva militar de larga escala para o fim de janeiro, citando relatórios de inteligência.

Biden sublinhará as preocupações dos EUA a respeito das atividades militares da Rússia na fronteira com a Ucrânia e reforçará o apoio dos EUA à soberania e integridade territorial da Ucrânia, acrescentou a fonte norte-americana neste sábado.

(Reportagem de Steve Holland)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos