Mercado fechará em 1 h 49 min
  • BOVESPA

    128.039,81
    -1.225,15 (-0,95%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.049,15
    -266,54 (-0,53%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,03
    -0,63 (-0,86%)
     
  • OURO

    1.778,00
    -4,90 (-0,27%)
     
  • BTC-USD

    32.533,33
    +105,62 (+0,33%)
     
  • CMC Crypto 200

    773,23
    -21,10 (-2,66%)
     
  • S&P500

    4.239,16
    +14,37 (+0,34%)
     
  • DOW JONES

    33.902,24
    +25,27 (+0,07%)
     
  • FTSE

    7.090,01
    +27,72 (+0,39%)
     
  • HANG SENG

    28.309,76
    -179,24 (-0,63%)
     
  • NIKKEI

    28.884,13
    +873,20 (+3,12%)
     
  • NASDAQ

    14.212,25
    +82,25 (+0,58%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9597
    -0,0156 (-0,26%)
     

Biógrafo de Philip Roth consegue nova editora após ser acusado de estupro

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A biografia de Philip Roth escrita por Blake Bailey será publicada pela editora americana Skyhorse Publishing e estará à venda a partir de 15 de junho. A informação foi divulgada pela agência de notícias Associated Press, nesta segunda (17).

A publicação de "Philip Roth: The Biography" pela Skyhorse acontece após a editora americana WW Norton cancelar sua edição e venda do livro, no final de abril, em meio às recentes acusações de estupro e assédio contra Blake Bailey, autor da biografia.

A maior parte das acusações contra Bailey são de um grupo de seus ex-estudantes, que tiveram aulas com ele na década de 1990, numa escola de Nova Orleans.

Segundo Eve Peyton, o escritor a estuprou quando ela era estudante da Universidade de Missouri, em junho de 2003 e disse ainda que lhe desejava desde quando ela tinha apenas 12 anos de idade.

"Bailey estará livre para buscar publicação [de livros] em outra editora, se quiser", disse a presidente da editora Norton, Julia Reidhead, ao jornal The New York Times, após anunciar o fim do contrato com o autor.

Billy Gibbens, advogado do escritor, afirmou em nota que Bailey discordou da decisão da Norton e negou todas as acusações. De acordo com o jornal The New York Times, ele enviou um email classificando as denúncias como "categoricamente falsas e difamatórias".

No Brasil, a Companhia das Letras é quem tem os direitos de tradução da biografia de Philip Roth. Em abril, após as acusações contra Bailey, suspendeu a tradução.

A editora, no entanto, ainda não se posicionou sobre o anúncio da Skyhorse Publishing.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos