Mercado abrirá em 8 h 35 min
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,35 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,10
    +0,46 (+0,64%)
     
  • OURO

    1.774,70
    +5,70 (+0,32%)
     
  • BTC-USD

    34.248,92
    -1.444,92 (-4,05%)
     
  • CMC Crypto 200

    847,08
    -92,86 (-9,88%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,32 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.413,42
    -387,85 (-1,35%)
     
  • NIKKEI

    27.938,15
    -1.025,93 (-3,54%)
     
  • NASDAQ

    14.003,25
    -31,75 (-0,23%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0040
    -0,0321 (-0,53%)
     

Bezos, Musk e outros bilionários se livraram do imposto de renda nos EUA

·2 minuto de leitura
Uma reportagem da organização sem fins lucrativos ProPublica mostrou que vários bilionários evitaram completamente os impostos dos EUA por alguns anos

Em meio ao debate internacional sobre o aumento dos impostos sobre empresas, uma reportagem investigativa da organização independente ProPublica revelou nesta terça-feira (8) que vários milionários e bilionários conseguiram se livrar completamente do imposto de renda durante anos nos Estados Unidos.

De acordo com o grupo sediado em Nova York que afirma em seu site buscar "denunciar abusos de poder e traições da confiança pública", o fundador da Amazon, Jeff Bezos, não pagou nenhum imposto federal entre 2007 e 2011, e Elon Musk, o criador da Tesla, livrou-se das taxas em 2018.

Ambos estão no topo da lista das pessoas mais ricas do mundo.

Os empresários Michael Bloomberg, Carl Icahn e o investidor George Soros também conseguiram evitar o pagamento de impostos federais por alguns anos, segundo a ProPublica.

Para chegar a essas conclusões, a organização afirma que acessou milhares de declarações de impostos de norte-americanos ricos para o IRS, o serviço de receita do governo federal, abrangendo um período de mais de 15 anos.

Os dados "jogam por terra o mito fundamental do sistema tributário americano: que todos pagam sua parte justa e os americanos mais ricos pagam mais", afirmam os autores.

"As pessoas mais ricas do país, que obtiveram enormes lucros durante a pandemia, não pagaram sua parte justa", reagiu o presidente democrata do Comitê de Finanças do Senado, Ron Wyden, nesta terça.

Questionados pela AFP, as equipes de Bezos, Musk, Bloomberg, Icahn e Soros ainda não responderam.

Mas em resposta à ProPublica, um porta-voz de Soros evocou perdas de investimento de 2016 a 2018 para justificar a ausência de impostos federais.

A ProPublica também apresentou a "taxa efetiva de imposto", que mede a carga tributária paga por cada um em comparação com o crescimento de sua riqueza.

A relação mostra, por exemplo, que o investidor Warren Buffet pagou 0,10% entre 2014 e 2018.

alb/vmt/LyS/mr/yow/ic

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos