Mercado abrirá em 4 h 54 min
  • BOVESPA

    122.964,01
    +1.054,98 (+0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.655,29
    -211,86 (-0,42%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,95
    +0,67 (+1,03%)
     
  • OURO

    1.834,10
    -2,00 (-0,11%)
     
  • BTC-USD

    57.157,36
    +1.513,54 (+2,72%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.550,45
    +1.307,77 (+538,89%)
     
  • S&P500

    4.152,10
    -36,33 (-0,87%)
     
  • DOW JONES

    34.269,16
    -473,66 (-1,36%)
     
  • FTSE

    6.998,96
    +50,97 (+0,73%)
     
  • HANG SENG

    28.201,43
    +187,62 (+0,67%)
     
  • NIKKEI

    28.147,51
    -461,08 (-1,61%)
     
  • NASDAQ

    13.334,00
    -12,00 (-0,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3379
    -0,0075 (-0,12%)
     

Bernie Madoff, condenado pelo maior esquema de pirâmide da história, morre na prisão aos 82

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Bernard Madoff, 82, condenado pelo maior golpe de pirâmide da história, morreu na prisão nos Estados Unidos nesta quarta-feira (14), segundo a administração penitenciária americana. A morte teria ocorrido por causas naturais, ainda de acordo com a autoridade. Madoff sofria de doença renal terminal, entre outros problemas médicos severos. Ele foi responsável por um golpe financeiro que é considerado o maior da história dos EUA. Por décadas, ele se apresentou como um confiável e bem-sucedido investidor de Wall Street, enquanto secretamente cometia fraudes. Na sentença que o condenou a 150 anos de prisão, em junho de 2009, o juiz classificou seus crimes como "extraordinariamente maus". Ele cumpria pena na Carolina do Norte. No ano passado, Madoff tentou um recurso para ser liberado da prisão e morrer em casa, sem sucesso. O esquema de pirâmide criado por Madoff prejudicou dezenas de milhares de pessoas, com um prejuízo que chega a US$ 65 bilhões. Entre as vítimas de Madoff estão os atores Kevin Bacon, Kyra Sedgwick e John Malkovich e uma instituição de caridade associada ao diretor Steven Spielberg. Os crimes foram revelados pelos dois filhos de Madoff em 2008. Eles não faziam parte do esquema. "Bernie, até a sua morte, viveu com culpa e remoroso pelos seus crimes", disse o advogado de Madoff, Brandon Sample, em nota.