Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,69 (-0,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,56 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,95
    +0,65 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.750,60
    +0,80 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    42.462,25
    -533,46 (-1,24%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.067,20
    -35,86 (-3,25%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,18 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.319,00
    +15,50 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2556
    +0,0306 (+0,49%)
     

BenQ apresenta novos projetores portáteis com Android TV e áudio estéreo 2.1

·4 minuto de leitura

A BenQ, companhia taiwanesa de produtos eletrônicos famosa por seus monitores e outras soluções multimídia, lançou nesta quarta-feria (15) dois novos projetores portáteis. Eles se destacam pelo design arrojado e pensado para transporte fácil, além do suporte a áudio estéreo 2.1 — são os primeiros produtos desse tipo a oferecer áudio em múltiplos canais. A marca apresentou dois modelos diferentes: o GV30 e o GS50.

BenQ GV30

O GV30 mostra imagens em 720p (Imagem: Divulgação/BenQ)
O GV30 mostra imagens em 720p (Imagem: Divulgação/BenQ)

O projetor GV30 possui uma construção mais arrendondada, o que permite um ajuste mais fácil do angulamento das lentes, para imagens sem distorções em qualquer ambiente e superfície. Ele pode ser rotacionado, e movimentado em 135º para cima ou para baixo, o que permite a projeção de imagens até mesmo na vertical, voltadas para o teto, por exemplo.

Na parte interna, sensores permitem que o projetor consiga fornecer foco automático e ajuste de enquadramento da imagem, configurações atualizadas toda vez que o dispositivo é ligado. Porém, essas preferências também podem ser ajustadas manualmente via interface própria da BenQ. O GV30 tem uma resolução máxima de 1280 x 720 pixels e, segundo a marca, deve ser utilizado para mostrar imagens entre 80 e 100 polegadas, e traz cores de 98% da gama Rec.709.

Produto tem design arredondado que auxilia para projeções em qualquer lugar (Imagem: Divulgação/BenQ)
Produto tem design arredondado que auxilia para projeções em qualquer lugar (Imagem: Divulgação/BenQ)

Ele possui tecnologia DLP (Digital Light Processing, ou Processamento Digital de Luz, em tradução livre), que tem espelhos microscópicos para refletir a luz da lâmpada LED. Segundo a BenQ, o produto tem brilho máximo de 300 ANSI lumens (que é uma medida específica para refletores), além de 720 LED lumens e 5.000 lumens de brilho máximo da fonte de luz. O GV30 tem um conjunto de dois speakers de 2 W, mais um woofer de 8 W.

A bateria do projetor tem capacidade para duas horas e meia de reprodução de conteúdos, e ele possui uma entrada HDMI 1.4b, além de uma porta que pode ser utilizada como DisplayPort ou USB-C para carregar outros dispositivos. Existe também uma porta de 3,5 mm para fones de ouvido ou outros sistemas externos de áudio.

BenQ GS50

GS50 traz maior resolução (Imagem: Divulgação/BenQ)
GS50 traz maior resolução (Imagem: Divulgação/BenQ)

O GS50 é um projetor mais caro e maior, com um visual mais retangular, porém ainda com cantos arredondados. Ele também é capaz de projetar imagens de 80 a 100 polegadas, mas a resolução aumenta para 1920 x 1080 pixels. São mantidos os mesmos recursos de foco e enquadramento automáticos, mas a construção passa a oferecer resistência contra quedas de até 70 centímetros, e certificação IPX2 contra respingos de água.

Conjunto de áudio do GS50 é mais potente (Imagem: Divulgação/BenQ)
Conjunto de áudio do GS50 é mais potente (Imagem: Divulgação/BenQ)

As tecnologias de imagem são as mesmas do GV30, mas o GS50 traz um sistema de áudio mais potente, com um par de speakers de 5 W em conjunto com o mesmo woofer de 8 W. As entradas do projetor incluem duas HDMI 2.0b com suporte para ARC, além da mesma porta USB-C/DisplayPort e bateria para duas horas e meia de uso. Um recurso adicional de segurança é a detecção de objetos ou pessoas muito próximas à fonte de luz — o projetor se desliga automaticamente para proteger a visão.

Projetores rodam Android TV

Os dois modelos possuem o Android TV como sistema operacional — mas não necessariamente nativo. Afinal, o produto acompanha um dongle que se encaixa perfeitamente em um compartimento aberto na parte inferior dos dispositivos. O acessório traz um chip AMlogic, com 2 GB de memória RAM e 16 GB de armazenamento eMMC. As opções de conectividade incluem Wi-Fi 5 dual-band (2,4 e 5 GHz), Wi-Fi direct e Bluetooth, para utilização como uma caixa de som portátil. Os conteúdos podem também ser transmitidos via AirPlay 2.

O Android TV presente é um sistema relativamente ultrapassado, já que está em sua versão 9. A BenQ afirmou que tinha a intenção de implementar o Google TV, mas o Google não dá suporte desse sistema para projetores. Mesmo assim, a BenQ promete pelo menos uma atualização por ano para corrigir possíveis bugs e problemas de segurança.

Preço e disponibilidade

Os produtos estão em fase de pré-venda no site da BenQ, com início das entregas a partir do dia 30 de setembro. O GV30 tem preço sugerido de 599 dólares (cerca de R$ 3.148 em conversão direta), enquanto o GS50 sai por 799 dólares (R$ 4.199). Ainda não há informação sobre disponibilidade no Brasil.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos