Mercado fechado
  • BOVESPA

    100.591,41
    -172,20 (-0,17%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.435,45
    +140,62 (+0,29%)
     
  • PETROLEO CRU

    111,84
    +2,27 (+2,07%)
     
  • OURO

    1.821,40
    -3,40 (-0,19%)
     
  • BTC-USD

    20.334,66
    -519,89 (-2,49%)
     
  • CMC Crypto 200

    441,05
    -9,01 (-2,00%)
     
  • S&P500

    3.821,55
    -78,56 (-2,01%)
     
  • DOW JONES

    30.946,99
    -491,27 (-1,56%)
     
  • FTSE

    7.323,41
    +65,09 (+0,90%)
     
  • HANG SENG

    22.418,97
    +189,45 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    27.049,47
    +178,20 (+0,66%)
     
  • NASDAQ

    11.680,50
    -360,00 (-2,99%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5414
    -0,0027 (-0,05%)
     

Beber pelo menos 1 xícara de café por dia pode ajudar os rins, aponta estudo

Tomar pelo menos uma xícara de café por dia pode melhorar a saúde dos rins, diminuindo o risco de uma lesão renal aguda (LRA), segundo pesquisadores norte-americanos. O benefício se intensifica para aqueles que bebem de duas a três xícaras todos os dias.

Publicado na revista científica Kidney International Reports, o estudo sobre o impacto do consumo diário de café no risco de lesões renais agudas foi desenvolvido por pesquisadores da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos.

Tomar pelo menos uma xícara de café por dia melhora a saúde dos rins e diminuí o risco de lesão renal aguda (Imagem: Mike Kenneally/Unsplash)
Tomar pelo menos uma xícara de café por dia melhora a saúde dos rins e diminuí o risco de lesão renal aguda (Imagem: Mike Kenneally/Unsplash)

Os resultados apontam que o consumo de qualquer quantidade de café diária reduz o risco de LRA em 15% em comparação com quem não ingere, já aqueles que bebem entre duas ou três xícaras por dia têm um risco ainda menor. Respectivamente, a probabilidade é 22% e 23% menor.

“Já sabemos que beber café regularmente tem sido associado à prevenção de doenças crônicas e degenerativas, incluindo diabetes tipo 2, doenças cardiovasculares e doenças hepáticas”, explica Chirag Parikh, professor da universidade e um dos autores do estudo, em comunicado. “Agora, podemos adicionar uma possível redução no risco de LRA à crescente lista de benefícios para a saúde da cafeína”, acrescenta.

O que é lesão renal aguda?

Vale explicar que, de acordo com a National Kidney Foundation, a LRA é um “episódio repentino de insuficiência renal ou dano renal que ocorre dentro de algumas horas ou alguns dias”. Nesta condição, os rins param de filtrar os resíduos do sangue e o paciente desenvolve algumas complicações, potencialmente, graves. A situação é mais comum em pacientes hospitalizados.

A seguir, confira quais são os principais sintomas da condição:

  • Redução da quantidade de urina;

  • Inchaço nas pernas, tornozelos e ao redor dos olhos;

  • Fadiga;

  • Falta de ar;

  • Confusão;

  • Náuseas;

  • Dor no peito;

  • Convulsões;

  • Coma.

Entenda o estudo sobre o consumo diário de café

No estudo norte-americano, os pesquisadores avaliaram dados de saúde de 14.207 voluntários, com a idade média de 54 anos, que foram recrutados entre 1987 e 1989. Foram selecionados cinco tipos de perfis entre os participantes, dependendo da quantidade de café consumida diariamente — uma, duas, três ou mais de três xícaras de café e aqueles que não tomavam nenhuma.

“Suspeitamos que a razão do impacto do café no risco de LRA pode ser que compostos biologicamente ativos combinados com cafeína ou apenas a própria cafeína melhorem a perfusão e a utilização de oxigênio nos rins”, sugere o pesquisador Parikh. “Boa função renal e tolerância à LRA dependem de um suprimento constante de sangue e oxigênio”, completa sobre a hipótese, que ainda deve ser melhor investigada. Isso porque o estudo, em si, comprovou apenas o benefício do consumo e, não, as causas da melhora.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos