Mercado abrirá em 31 mins
  • BOVESPA

    114.428,18
    -219,81 (-0,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.686,03
    -112,35 (-0,21%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,47
    +1,03 (+1,25%)
     
  • OURO

    1.777,60
    +11,90 (+0,67%)
     
  • BTC-USD

    62.170,89
    +938,03 (+1,53%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.451,65
    +0,02 (+0,00%)
     
  • S&P500

    4.486,46
    +15,09 (+0,34%)
     
  • DOW JONES

    35.258,61
    -36,15 (-0,10%)
     
  • FTSE

    7.209,28
    +5,45 (+0,08%)
     
  • HANG SENG

    25.787,21
    +377,46 (+1,49%)
     
  • NIKKEI

    29.215,52
    +190,06 (+0,65%)
     
  • NASDAQ

    15.362,50
    +72,00 (+0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4193
    +0,0278 (+0,43%)
     

Schnabel, do BCE, diz que volume de compra de títulos está perdendo importância

·2 minuto de leitura
Isabel Schnabel, membro do Conselho do BCE

FRANKFURT (Reuters) - O volume de compras de títulos pelo Banco Central Europeu está se tornando "menos importante" à medida que as perspectivas econômicas melhoram e o esquema de impressão de dinheiro se torna uma ferramenta para guiar as expectativas dos juros, disse nesta segunda-feira Isabel Schnabel, membro do Conselho do BCE

A declaração de Schnabel, que também saudou o recente aumento da inflação, deve ser vista como cenário para uma nova redução no ritmo de compra de títulos, conforme a economia da zona do euro se recupera de uma queda induzida pela pandemia e aumentam as expectativas de inflação.

O BCE reduziu o ritmo de seu Programa de Compra de Emergência da Pandemia (PEPP) neste mês e deve encerrá-lo em março. O banco também realiza o Programa de Compra de Ativos (APP), menor e mais antigo, que planeja encerrar "pouco antes" de aumentar as taxas de juros.

"Conforme o cenário para a inflação melhora, torna-se menos importante o quanto o banco central compra ou quando a redução no ritmo de compras líquidas de ativos começará, mas sim quando essas compras terminarão", disse Schnabel em conferência.

"É a data do fim que sinaliza que as condições para um aumento nos juros estão se aproximando. A sequência precisa e o momento vão, claro, exigir orientação cuidadosa quando chegar a hora."

Os integrantes do Conselho do BCE usaram uma narrativa semelhante em 2018, enquanto se preparavam para interromper o Programa de Compra de Ativos pela primeira vez.

O BCE deve tomar uma decisão sobre o PEPP e o APP em dezembro, e Schnabel disse que o caminho a seguir ainda é incerto e que seria um erro apertar a política monetária cedo demais.

Os investidores esperam que o APP seja aumentado a partir de abril para compensar parte dos volumes perdidos do PEPP.

(Reportagem de Francesco Canepa)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos