Mercado abrirá em 6 h 6 min
  • BOVESPA

    114.428,18
    -219,81 (-0,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.686,03
    -112,35 (-0,21%)
     
  • PETROLEO CRU

    82,81
    +0,37 (+0,45%)
     
  • OURO

    1.775,80
    +10,10 (+0,57%)
     
  • BTC-USD

    62.453,24
    +134,53 (+0,22%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.460,23
    +8,59 (+0,59%)
     
  • S&P500

    4.486,46
    +15,09 (+0,34%)
     
  • DOW JONES

    35.258,61
    -36,15 (-0,10%)
     
  • FTSE

    7.203,83
    -30,20 (-0,42%)
     
  • HANG SENG

    25.712,90
    +303,15 (+1,19%)
     
  • NIKKEI

    29.204,35
    +178,89 (+0,62%)
     
  • NASDAQ

    15.298,00
    +7,50 (+0,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4148
    +0,0233 (+0,36%)
     

BCE mira operações de trading de bancos sobre risco climático

·3 minuto de leitura

(Bloomberg) -- O Banco Central Europeu planeja examinar as operações de negociação de grandes instituições financeiras como parte dos testes de estresse climático no ano que vem. O BCE chegou à conclusão de que apenas avaliar os empréstimos não proporcionará informações suficientes sobre as consequências enfrentadas com o aquecimento global.

Most Read from Bloomberg

O BCE, que ainda não divulgou publicamente os parâmetros dos testes, também estudará os riscos de reputação e operacionais enfrentados pelos bancos, segundo a Alvarez & Marsal, consultoria que está envolvida no processo, em dados fornecidos à Bloomberg.

A avaliação das operações de trading dos bancos representa mais um desafio para um setor que já alertou não estar preparado para os testes do ano que vem. O BCE busca mais detalhes do que outros bancos centrais e, nos bastidores, tem aumentado a pressão sobre o segmento.

Na Europa, políticos querem que os bancos se tornem um elemento-chave no combate à mudança climática ao reduzir o financiamento de operações poluentes. Investidores avaliam que bancos sobrecarregados por balanços com alto teor de carbono podem enfrentar maiores exigências de capital, o que diminuiria a capacidade de pagar dividendos.

“Nenhum banco tem o que o BCE deseja”, disse Fernando de la Mora, diretor-gerente da Alvarez & Marsal, que assessora as instituições para os testes de estresse. “Bancos globais enfrentam o desafio adicional de encontrar dados de regiões fora da Europa, o que é limitado.”

Um porta-voz do BCE não quis comentar.

O BCE também tem pedido dados sobre emissões associadas às receitas geradas pelos bancos, uma abordagem adotada pelo Banco da Inglaterra para seus testes climáticos este ano devido à falta de dados disponíveis, de acordo com a Alvarez & Marsal.

Na prática, bancos da zona do euro terão que estimar as emissões de carbono das empresas por trás da maior parte de suas receitas com tarifas e juros. Também precisarão fornecer dados sobre emissões, empréstimos e receitas associados aos maiores clientes em todos os setores, segundo análise da consultoria.

A decisão de incluir as carteiras de trading dos bancos aumenta a complexidade do exercício. Mas também permitirá que o BCE veja o impacto nos portfólios de ações ou títulos se estes forem expostos a choques como perdas com dívidas de petroleiras, disse De la Mora.

Tanto o BCE quanto o BOE têm pedido aos bancos que usem um horizonte de 30 anos para avaliar como seus balanços enfrentarão os riscos decorrentes da transição para uma economia com menor peso de setores poluentes, de acordo com a Alvarez & Marsal. Ainda assim, o BOE solicitou aos bancos que também olhem três décadas à frente ao considerar riscos físicos, como clima extremo ou incêndios florestais, enquanto o BCE está usando um horizonte de um ano, segundo a análise.

“O teste do BCE cobre mais áreas do que o BOE, mesmo que usem os mesmos cenários”, disse De la Mora, acrescentando que “provavelmente haverá impacto limitado sobre o capital” a partir dos testes, porque o objetivo antes de tudo é “pressionar os bancos a reforçarem competências”.

More stories like this are available on bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos