Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.513,62
    +1.085,64 (+0,85%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.558,32
    +387,54 (+0,77%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,50
    +0,20 (+0,27%)
     
  • OURO

    1.774,90
    -1,80 (-0,10%)
     
  • BTC-USD

    34.730,16
    +1.264,62 (+3,78%)
     
  • CMC Crypto 200

    838,06
    +51,44 (+6,54%)
     
  • S&P500

    4.266,49
    +24,65 (+0,58%)
     
  • DOW JONES

    34.196,82
    +322,58 (+0,95%)
     
  • FTSE

    7.109,97
    +35,91 (+0,51%)
     
  • HANG SENG

    28.882,46
    +65,39 (+0,23%)
     
  • NIKKEI

    29.083,80
    +208,57 (+0,72%)
     
  • NASDAQ

    14.344,25
    -10,00 (-0,07%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,8618
    -0,0005 (-0,01%)
     

BCE deve manter torneiras totalmente abertas enquanto crise não passa, diz Stournaras

·1 minuto de leitura
Yannis Stournaras, durante reunião em Atenas

Por Francesco Canepa e Balazs Koranyi

FRANKFURT (Reuters) - O Banco Central Europeu (BCE) deve manter suas torneiras de dinheiro totalmente abertas, já que a economia da zona do euro ainda está no meio da pandemia do coronavírus, apesar do progresso nas campanhas de vacinação, disse a autoridade do BCE, Yannis Stournaras.

Os responsáveis pela fixação das taxas do BCE irão rever o ritmo das compras de títulos de emergência na reunião de 10 de junho, em um cenário econômico mais favorável. As taxas de crescimento e imunização estão subindo no bloco à medida que os casos de Covid-19 diminuem.

No entanto, em entrevista exclusiva à Reuters, Stournaras disse que a recuperação permanece frágil e, sem evidências que apontem para uma era de inflação alta em um futuro próximo, é muito cedo para o BCE desacelerar as compras de títulos de emergência.

"Claro que houve uma aceleração nas vacinações, mas ainda há restrições às viagens, então não posso dizer ainda que estamos fora de perigo", disse Stournaras, que também é presidente do banco central da Grécia.

Com a previsão de que a inflação fique abaixo da meta de 2% do BCE nos próximos anos, Stournaras apoiou a continuação do Programa de Compra de Emergência Pandêmica (PEPP) do BCE, de 1,85 trilhão de euros, em seu ritmo atual.

"Não vejo nenhuma razão para fazer qualquer alteração (ao ritmo do PEPP) no momento", disse ele.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos