Mercado fechado
  • BOVESPA

    101.088,23
    -827,23 (-0,81%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.029,09
    +330,37 (+0,66%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,38
    -0,80 (-1,21%)
     
  • OURO

    1.779,90
    +3,40 (+0,19%)
     
  • BTC-USD

    56.645,76
    -912,14 (-1,58%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.444,36
    -24,72 (-1,68%)
     
  • S&P500

    4.513,01
    -53,99 (-1,18%)
     
  • DOW JONES

    34.022,07
    -461,65 (-1,34%)
     
  • FTSE

    7.168,68
    +109,23 (+1,55%)
     
  • HANG SENG

    23.658,92
    +183,66 (+0,78%)
     
  • NIKKEI

    27.935,62
    +113,86 (+0,41%)
     
  • NASDAQ

    15.962,25
    -188,25 (-1,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4313
    +0,0613 (+0,96%)
     

BC vende US$500 mi em dólar à vista, mas moeda segue em firme alta

·1 min de leitura
BTG Pactual piora estimativas para dólar e cita agenda política doméstica, EUA e China

SÃO PAULO (Reuters) - O Banco Central vendeu todo o lote ofertado de até 500 milhões de dólares no mercado à vista nesta terça-feira, na primeira operação do tipo desde março.

A divulgação do edital do leilão ocorreu na noite de segunda-feira. O uso desse instrumento vem depois de nos últimos dias o BC recorrer à venda de contratos de swap cambial tradicional (um derivativo) para suprir demanda do mercado por dólares.

O Bacen realizou a oferta de dólar à vista nesta terça depois de a cotação superar 5,57 reais na máxima da sessão. Essa marca havia sido alcançada pela última vez na quarta-feira passada, quando o BC deu início a uma série de intervenções no mercado de câmbio via swaps.

Apenas na véspera, o BC injetou no mercado 1,2 bilhão de dólares em dinheiro "novo" via swaps.

O dólar seguia em firme alta. Às 9h46, a moeda norte-americana subia 0,68%, a 5,5579 reais. O real tinha o pior desempenho entre as principais moedas nesta sessão.

(Por José de Castro)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos