Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.764,26
    +3.046,26 (+2,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.853,37
    +392,77 (+0,81%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,82
    -0,27 (-0,29%)
     
  • OURO

    1.816,30
    +0,80 (+0,04%)
     
  • BTC-USD

    24.335,79
    -124,55 (-0,51%)
     
  • CMC Crypto 200

    574,64
    +3,36 (+0,59%)
     
  • S&P500

    4.280,15
    +72,88 (+1,73%)
     
  • DOW JONES

    33.761,05
    +424,35 (+1,27%)
     
  • FTSE

    7.500,89
    +34,98 (+0,47%)
     
  • HANG SENG

    20.175,62
    +93,22 (+0,46%)
     
  • NIKKEI

    28.546,98
    +727,68 (+2,62%)
     
  • NASDAQ

    13.552,75
    -25,00 (-0,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2028
    -0,1209 (-2,27%)
     

BC russo vê sinais de estabilização da economia

Bandeira russa é vista sobre a sede do banco central do país, em Moscou

MOSCOU (Reuters) - A economia russa, que foi atingida por sanções ocidentais sem precedentes após a decisão de Moscou invadir a Ucrânia, está mostrando sinais de estabilização, disse o chefe de política monetária do banco central do país nesta terça-feira.

Kirill Tremasov, que supervisiona a política monetária no banco central, disse que a crise na Rússia está se desenvolvendo numa trajetória mais gradual do que se temia inicialmente.

"Estamos claramente numa trajetória mais suave. Já estamos vendo sinais de estabilização", disse Tremasov.

Ele falou dias antes de uma reunião da diretoria do banco central, marcada para 22 de julho, em que a instituição deve reduzir sua taxa básica de juros, atualmente em 9,5%, para apoiar a economia com empréstimos mais baratos.

(Reportagem da Reuters)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos