Mercado fechado
  • BOVESPA

    112.690,17
    +1.506,22 (+1,35%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.004,19
    -373,28 (-0,80%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,36
    +0,53 (+0,83%)
     
  • OURO

    1.687,30
    -13,40 (-0,79%)
     
  • BTC-USD

    46.668,19
    -3.476,27 (-6,93%)
     
  • CMC Crypto 200

    932,63
    -54,58 (-5,53%)
     
  • S&P500

    3.768,47
    -51,25 (-1,34%)
     
  • DOW JONES

    30.924,14
    -345,95 (-1,11%)
     
  • FTSE

    6.650,88
    -24,59 (-0,37%)
     
  • HANG SENG

    29.236,79
    -643,63 (-2,15%)
     
  • NIKKEI

    28.546,52
    -383,59 (-1,33%)
     
  • NASDAQ

    12.332,25
    -122,75 (-0,99%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7821
    -0,0038 (-0,06%)
     

BC russo não pode descartar aumento de juros em 2021, diz presidente segundo RIA

·1 minuto de leitura
Presidente do BC da Rússia, Elvira Nabiullina

MOSCOU (Reuters) - O banco central da Rússia não descarta a possibilidade de aumentar sua taxa básica de juros em 2021, disse a presidente da instituição, Elvira Nabiullina, segundo a agência de notícias RIA nesta sexta-feira.

Questionada sobre se a taxa, que o banco central manteve na semana passada em 4,25%, poderia ser elevada este ano, Nabiullina disse: "Não descartamos isso, mas muito depende da situação. É impossível predeterminar. "

Nabiullina acrescentou que seu cenário básico não leva em consideração os riscos desinflacionários que poderiam levar a um corte de juros em 2021.

Esta semana, o banco central disse que pode demorar mais do que o esperado para que a inflação retorne à meta anteriormente estabelecida de 4%, já que a inflação deve atingir um pico em torno de 5,5% neste ou no próximo mês.