Mercado abrirá em 4 h 52 min
  • BOVESPA

    110.909,61
    +2.127,46 (+1,96%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.174,06
    -907,27 (-1,78%)
     
  • PETROLEO CRU

    78,72
    +0,52 (+0,66%)
     
  • OURO

    1.766,70
    +3,00 (+0,17%)
     
  • BTC-USD

    16.871,81
    +393,30 (+2,39%)
     
  • CMC Crypto 200

    400,76
    +12,04 (+3,10%)
     
  • S&P500

    3.957,63
    -6,31 (-0,16%)
     
  • DOW JONES

    33.852,53
    +3,07 (+0,01%)
     
  • FTSE

    7.512,00
    +37,98 (+0,51%)
     
  • HANG SENG

    18.312,43
    +107,75 (+0,59%)
     
  • NIKKEI

    27.968,99
    -58,85 (-0,21%)
     
  • NASDAQ

    11.531,00
    +6,25 (+0,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4652
    +0,0086 (+0,16%)
     

BC precisa trabalhar para levar expectativa para inflação de 2024 à meta, diz diretor Bruno Serra

Sede do Banco Central em Brasília

(Reuters) - O Banco Central tem que trabalhar para levar as expectativas de inflação em 2024 para a meta, afirmou nesta terça-feira o diretor de Política Monetária do Banco Central, Bruno Serra.

Em evento promovido pela agência de classificação de risco Moody’s, Serra afirmou que levar a inflação para a meta é “um ativo muito importante” e “a gente vai perseguir isso".

Analistas de mercado projetam inflação de 3,5% em 2024, acima da meta oficial de 3,0%, segundo o mais recente boletim Focus divulgado pelo BC.

Serra disse que a desinflação no Brasil começou, ponderando que a inflação de serviços ainda está bem acima da observada em outros países.

(Por Bernardo Caram, em Brasília)