Mercado abrirá em 4 h 39 min
  • BOVESPA

    112.282,28
    +2.032,55 (+1,84%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.338,34
    +510,21 (+1,00%)
     
  • OURO

    1.768,40
    -9,80 (-0,55%)
     
  • BTC-USD

    43.833,11
    +2.549,02 (+6,17%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.089,55
    +49,07 (+4,72%)
     
  • S&P500

    4.395,64
    +41,45 (+0,95%)
     
  • DOW JONES

    34.258,32
    +338,48 (+1,00%)
     
  • FTSE

    7.083,37
    +102,39 (+1,47%)
     
  • HANG SENG

    24.221,54
    +122,40 (+0,51%)
     
  • NIKKEI

    29.639,40
    -200,31 (-0,67%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2081
    +0,0290 (+0,47%)
     

BC estende acordo com Federal Reserve até fim do ano

·1 minuto de leitura

O acordo especial entre o Banco Central (BC) e o Federal Reserve, Banco Central norte-americano, que permite aumentar a oferta de dólares em US$ 60 bilhões, vigorará por mais três meses, decidiu há pouco o Conselho Monetário Nacional (CMN). Prevista para acabar no fim de setembro, a linha especial de swap foi estendida até o fim de dezembro.

Em março de 2020, pouco depois de a Organização Mundial de Saúde (OMS) decretar a pandemia de covid-19, o Federal Reserve anunciou um acordo com bancos centrais de diversos países para ampliar a oferta internacional de dólares e fazer frente à demanda maior pela moeda norte-americana. No caso do Brasil, estão disponíveis US$ 60 bilhões, que podem ser sacados se o BC desejar.

“Esta linha não implica condicionalidades de política econômica e amplia os fundos e instrumentos disponíveis para as operações de provisão de liquidez em dólares pelo BC. A linha de liquidez soma-se ao conjunto de instrumentos disponíveis do BC para lidar com a alta volatilidade dos mercados em decorrência da pandemia de covid-19.”, explicou o Banco Central em nota.

Esta é a terceira vez que a linha especial de crédito do Fed é prorrogada. Em agosto, o Conselho Monetário Nacional havia estendido o acordo com o Banco Central norte-americano até março deste ano. No fim de fevereiro, o acordo foi prorrogado até o fim de setembro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos