Mercado fechado

BC deve cortar projeção para o PIB por coronavírus: Fontes

Mario Sergio Lima

(Bloomberg) -- O Banco Central deve cortar a previsão de crescimento para o PIB deste ano, em razão do efeito do coronavírus sobre a demanda da China e de outros parceiros comerciais.

O dado será divulgado no próximo relatório trimestral de inflação, em 26 de março, de acordo com duas pessoas com conhecimento do assunto, que pediram anonimato porque as discussões não são públicas.

O BC também vê sinais de que o coronavírus está afetando a indústria brasileira, por meio da restrição na cadeia de fornecimento, segundo as fontes.

Se a epidemia se prolongar, pode afetar também o setor de serviços, disse uma das pessoas.

O Banco Central não comentou.

A autoridade monetária também está preocupada com a possibilidade de que a tendência de recuperação lenta de 2019 prossiga neste ano.

Os técnicos do BC ainda estão finalizando a nova previsão para o PIB, segundo as fontes. Em dezembro, a autoridade monetária elevou a estimativa de 1,8% para 2,2%. Na pesquisa Focus divulgada na segunda-feira, os economistas cortaram a projeção para 1,99% neste ano.

O PIB cresceu 1,1% no ano passado, o primeiro do governo de Jair Bolsonaro, menos do que do inicialmente esperado. A Selic já está na mínima histórica de 4,25% e o mercado aposta em mais corte.

Para entrar em contato com o repórter: Mario Sergio Lima em Brasilia, mlima11@bloomberg.net

Para entrar em contato com os editores responsáveis: Daniela Milanese, dmilanese@bloomberg.net, ;Julia Leite, jleite3@bloomberg.net, ;Daniel Cancel, dcancel@bloomberg.net, ;Walter Brandimarte, wbrandimarte@bloomberg.net, Fernando Travaglini

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2020 Bloomberg L.P.