Mercado fechado

BC decreta liquidação da corretora Uniletra e da financeira Dacasa

Estevão Taiar

Autoridade também determinou indisponibilidade dos bens dos controladores e ex-administradores O Banco Central (BC) determinou nesta quinta-feira a liquidação extrajudicial da Uniletra Corretora de Câmbio, Títulos e Valores Mobiliários e da Dacasa Financeira S/A. Localizadas em Vitória (ES), ambas as empresas têm outra companhia como controladora direta, a Dadalto Administrações e Participações S/A.

Os dois atos de liquidação foram assinados pelo presidente do BC, Roberto Campos Neto. Além da liquidação, a autoridade determinou a indisponibilidade dos bens dos controladores e ex-administradores das instituições.

Somadas, ambas as empresas tinham 0,012% do total de ativos do Sistema Financeiro Nacional (SFN) e 0,011% do valor das operações de crédito.

Segundo o BC, a liquidação foi determina com base no artigo 15, inciso I, alíneas "a", "b" e "c" da Lei 6.024. Esses trechos dizem que a autoridade pode decretar a liquidação de uma instituição "em razão de ocorrências que comprometam sua situação econômica ou financeira", "quando a administração violar gravemente as normas legais e estatutárias" ou "quando a instituição sofrer prejuízo que sujeite a risco anormal seus credores quirografários".

O Grupo Dadalto também possui uma rede de lojas de departamento no Espírito Santo.

Em nota, o Fundo Garantidor de Crédito (FGC) afirmou que “irá disponibilizar em seu site todas as instruções para que seja realizado o pagamento da garantia aos depositantes e investidores da Dacasa Financeira”.