Mercado fechará em 1 h 36 min

BC da Argentina eleva taxa de juros para 49%, dizem operadores

Pedestres passam em frente ao prédio do Banco Central da Argentina em Buenos Aires

BUENOS AIRES (Reuters) - O banco central da Argentina aumentou nesta quinta-feira a taxa básica de juros do país em 200 pontos-base, para 49% pelo período de 28 dias, em meio à alta inflação que abala o país e complica o andamento de sua economia, disseram à Reuters operadores com conhecimento do assunto.

Os profissionais acrescentaram que a diretoria do BC tomou a decisão após a alta de 6% do índice de preços ao consumidor em abril, em dado divulgado mais cedo.

A oficialização da alta dos juros será anunciada posteriormente.

(Reportagem por Jorge Otaola)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos