Mercado fechado
  • BOVESPA

    109.114,16
    -2.601,84 (-2,33%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.808,56
    -587,38 (-1,29%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,91
    +0,20 (+0,26%)
     
  • OURO

    1.636,80
    +3,40 (+0,21%)
     
  • BTC-USD

    19.283,18
    +421,72 (+2,24%)
     
  • CMC Crypto 200

    443,06
    +9,96 (+2,30%)
     
  • S&P500

    3.655,04
    -38,19 (-1,03%)
     
  • DOW JONES

    29.260,81
    -329,60 (-1,11%)
     
  • FTSE

    7.020,95
    +2,35 (+0,03%)
     
  • HANG SENG

    17.855,14
    -78,13 (-0,44%)
     
  • NIKKEI

    26.599,43
    +167,88 (+0,64%)
     
  • NASDAQ

    11.386,25
    +70,00 (+0,62%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,1666
    -0,0128 (-0,25%)
     

BC da Argentina eleva taxa de juros em 5,50 p.p., para 75% ao ano, diz fonte

Sede do Banco Central de Argentina em Buenos Aires

BUENOS AIRES (Reuters) - O banco central argentino elevou sua taxa básica de juros em 5,50 pontos percentuais, para 75% ao ano, nesta quinta-feira, disse uma fonte com conhecimento da decisão, com a ideia de se ajustar à realidade inflacionária.

Este rendimento da taxa de referência Leliq cobre o prazo de 28 dias, e representou o nono aumento mensal consecutivo. Os dois últimos foram fortes saltos de 8,00 e 9,50 pontos percentuais, respectivamente.

Analistas consultados anteriormente pela Reuters, esperavam um aumento de taxa entre 4,00 e 6,00 pontos percentuais, contra uma inflação que ficou em 7% em agosto sobre julho e pode superar 95% em base anual em 2022.

(Por Jorge Otaola)