Mercado abrirá em 2 h 19 min
  • BOVESPA

    113.707,76
    +195,38 (+0,17%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.734,04
    -67,64 (-0,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    89,21
    +1,10 (+1,25%)
     
  • OURO

    1.783,20
    +6,50 (+0,37%)
     
  • BTC-USD

    23.515,06
    -274,42 (-1,15%)
     
  • CMC Crypto 200

    559,28
    -13,53 (-2,36%)
     
  • S&P500

    4.274,04
    -31,16 (-0,72%)
     
  • DOW JONES

    33.980,32
    -171,69 (-0,50%)
     
  • FTSE

    7.513,58
    -2,17 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    19.763,91
    -158,54 (-0,80%)
     
  • NIKKEI

    28.942,14
    -280,63 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    13.511,00
    +17,75 (+0,13%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2544
    -0,0048 (-0,09%)
     

BC da Argentina eleva taxa de juros em 8 p.p., a 60%

Fachada do banco central da Argentina em Buenos Aires

BUENOS AIRES (Reuters) - O banco central da Argentina elevou sua taxa básica de juros em 8 pontos percentuais, para 60%, informou a autoridade monetária do país nesta quinta-feira, marcando a sétima alta neste ano.

A taxa referencial Leliq para o prazo de 28 dias foi fixada em 60%, de 52% anteriormente, com analistas esperando que a inflação argentina possa ultrapassar os 80% em 2022.

Juros reais positivos são um dos pontos acordados entre a Argentina e o Fundo Monetário Internacional (FMI) no pacto que fecharam em março deste ano para reestruturar uma dívida de 44 bilhões de dólares.

(Por Walter Bianchi)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos