Mercado fechado
  • BOVESPA

    118.328,99
    -1.317,01 (-1,10%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.810,21
    -315,49 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    53,05
    -0,08 (-0,15%)
     
  • OURO

    1.870,40
    +4,50 (+0,24%)
     
  • BTC-USD

    31.163,86
    -3.787,82 (-10,84%)
     
  • CMC Crypto 200

    608,80
    -71,11 (-10,46%)
     
  • S&P500

    3.853,07
    +1,22 (+0,03%)
     
  • DOW JONES

    31.176,01
    -12,39 (-0,04%)
     
  • FTSE

    6.715,42
    -24,97 (-0,37%)
     
  • HANG SENG

    29.927,76
    -34,74 (-0,12%)
     
  • NIKKEI

    28.756,86
    +233,56 (+0,82%)
     
  • NASDAQ

    13.387,50
    -8,00 (-0,06%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5084
    +0,1004 (+1,57%)
     

BC britânico aumenta programa de estímulos em 100 bi de libras

·1 minuto de leitura
Pessoa com máscara passa pelo Banco da Inglaterra

LONDRES (Reuters) - O banco central britânico aumentou seu programa de compra de títulos em 100 bilhões de libras (125 bilhões de dólares) nesta quinta-feira, conforme busca ajudar a economia a se recuperar das perdas em março e abril provocadas pelas medidas contra o coronavírus.

O Banco da Inglaterra manteve sua taxa referencial de juros em 0,1%.

Oito membros do Comitê de Política Monetária votaram por aumentar o programa de compra de títulos, enquanto o economista-chefe do banco central, Andy Haldane, votou contra.

Todos os nove membros votaram pela manutenção dos juros.

O banco central disse que vai gastar todos os 100 bilhões extras em títulos do governo, mas que vai desacelerar o ritmo de suas compras, afirmando esperar que a nova meta total de 745 bilhões de libras seja atingida até o fim do ano.

Pesquisa da Reuters com economistas indicava aumento de 100 bilhões de libras no programa de compra de ativos e manutenção dos juros em 0,1%.