Mercado abrirá em 8 h 30 min
  • BOVESPA

    101.016,96
    -242,79 (-0,24%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    38.245,86
    -461,86 (-1,19%)
     
  • PETROLEO CRU

    38,68
    +0,12 (+0,31%)
     
  • OURO

    1.910,80
    +5,10 (+0,27%)
     
  • BTC-USD

    13.099,62
    -9,16 (-0,07%)
     
  • CMC Crypto 200

    260,98
    -2,44 (-0,92%)
     
  • S&P500

    3.400,97
    -64,42 (-1,86%)
     
  • DOW JONES

    27.685,38
    -650,19 (-2,29%)
     
  • FTSE

    5.792,01
    -68,27 (-1,16%)
     
  • HANG SENG

    24.608,24
    -310,54 (-1,25%)
     
  • NIKKEI

    23.428,70
    -65,64 (-0,28%)
     
  • NASDAQ

    11.493,50
    +1,25 (+0,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6450
    +0,0045 (+0,07%)
     

BC autoriza funcionamento da Giro Sociedade de Crédito Direto

Álvaro Campos
·1 minuto de leitura

Com a nova autorização, agora existem 36 sociedades de crédito direto no país O Banco Central concedeu licença de funcionamento para a Giro Sociedade de Crédito Direto (SCD). Ela terá sede em Curitiba (PR) e capital inicial de R$ 1,5 milhão. Os controladores são Fabricio Vermelho Martins e Lahna Natacha Winter. Com a nova autorização, agora existem 36 sociedades de crédito direto (SCD) no país. Esse tipo de instituição foi criada pelo BC em 2018 e só podem realizar empréstimos com capital próprio. Na mesma ocasião, foi criada também a Sociedade de Empréstimos entre Pessoas (SEP), que como o nome sugere é uma plataforma que permite empréstimos entre um credor e um devedor. Atualmente existem sete SEPs. Moeda eletrônica O BC também concedeu à PicPay, do grupo do Banco Original, autorização para funcionar como instituição de pagamento, na modalidade de emissor de moeda eletrônica. Esta semana, também havia sido concedida para a Midway autorização para prestar serviços de pagamento relativos à modalidade emissor de moeda eletrônica. A Midway é a financeira da varejista Riachuelo. Segundo o site do BC, a autorização de emissor de moeda eletrônica permite que uma empresa gerencie conta de pagamento do tipo pré-paga, na qual os recursos devem ser depositados previamente. Exemplos são emissores de cartões de vale-refeição e cartões pré-pagos em moeda nacional.