Mercado fechado

BC aprova cisão parcial da BV Financeira, com incorporação pelo Banco BV

Álvaro Campos
·1 minuto de leitura

O capital da BV Financeira passou de R$ 500,402 milhões para R$ 367,619 milhões O Banco Central (BC) aprovou uma cisão parcial do patrimônio da BV Financeira, com versão da parcela cindida ao Banco BV. Assim, o capital da BV Financeira passou de R$ 500,402 milhões para R$ 367,619 milhões. O BV está em processo de realização de uma oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês). No prospecto preliminar da oferta, na parte de “eventos subsequentes”, o banco diz que o acervo líquido incorporado com a cisão da BV Financeira foi avaliado no valor contábil de R$ 226,607 milhões, acrescentando-se as variações patrimoniais ocorridas entre a data-base do laudo de avaliação contábil e a data da cisão. “A cisão justifica-se pela redistribuição das atividades da BV Financeira, no contexto de reorganização administrativa e operacional dos negócios de tal sociedade, de forma a permitir a sua realocação com maior eficiência e consequente redução dos custos operacionais e administrativos relacionados à manutenção de sua estrutura”, diz o prospecto. Por conta dessa incorporação, o banco reconheceu no seu balanço os efeitos decorrentes de alterações de alíquotas de impostos entre a BV Financeira e o banco BV e em créditos tributários, que em conjunto, geraram um efeito positivo no resultado de julho do conglomerado de R$ 205,803 milhões.