Mercado abrirá em 1 h 45 min
  • BOVESPA

    100.774,57
    -1.140,88 (-1,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.007,16
    +308,44 (+0,62%)
     
  • PETROLEO CRU

    67,17
    +1,60 (+2,44%)
     
  • OURO

    1.774,80
    -9,50 (-0,53%)
     
  • BTC-USD

    56.765,12
    -329,64 (-0,58%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.448,08
    -21,00 (-1,43%)
     
  • S&P500

    4.513,04
    -53,96 (-1,18%)
     
  • DOW JONES

    34.022,04
    -461,68 (-1,34%)
     
  • FTSE

    7.129,62
    -39,06 (-0,54%)
     
  • HANG SENG

    23.788,93
    +130,01 (+0,55%)
     
  • NIKKEI

    27.753,37
    -182,25 (-0,65%)
     
  • NASDAQ

    15.944,75
    +75,00 (+0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4085
    -0,0383 (-0,59%)
     

BC anuncia saída de Kanczuk no fim do ano e indica Diogo Abry Guillen para diretoria de Política Econômica

·1 min de leitura

SÃO PAULO (Reuters) - O Banco Central informou nesta quinta-feira a saída do diretor de Política Econômica, Fabio Kanczuk, ao fim de seu mandato, indicando Diogo Abry Guillen, economista-chefe da Itaú Asset Management, para seu lugar.

O mandato de Kanczuk se encerra 31 de dezembro de 2021, de acordo com nota do BC.

Guillen, indicado pelo presidente da autarquia, Roberto Campos Neto, também é professor vinculado ao Insper, sendo bacharel e mestre pelo Departamento de Economia da PUC-Rio e PhD em economia pela Princeton University.

"Em nome do Banco Central, o presidente Roberto Campos Neto felicita o indicado Guillen e agradece ao diretor Kanczuk pelos relevantes serviços prestados ao Banco Central e à Diretoria Colegiada", disse a nota.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos