Mercado fechado
  • BOVESPA

    107.249,70
    -1.818,84 (-1,67%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.069,08
    +343,12 (+0,68%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,51
    -0,50 (-0,69%)
     
  • OURO

    1.800,40
    +2,40 (+0,13%)
     
  • BTC-USD

    17.207,45
    +379,65 (+2,26%)
     
  • CMC Crypto 200

    405,55
    +10,86 (+2,75%)
     
  • S&P500

    3.953,73
    +19,81 (+0,50%)
     
  • DOW JONES

    33.686,41
    +88,49 (+0,26%)
     
  • FTSE

    7.472,17
    -17,02 (-0,23%)
     
  • HANG SENG

    19.450,23
    +635,41 (+3,38%)
     
  • NIKKEI

    27.574,43
    -111,97 (-0,40%)
     
  • NASDAQ

    11.640,75
    +131,25 (+1,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5079
    +0,0415 (+0,76%)
     

BC anuncia rolagem de US$15,2 bi em swaps vincendos em novembro

Nota de dólar

(Reuters) - O Banco Central informou que a partir desta quinta-feira, 29 de setembro, dará início às operações para rolagem de 15,2 bilhões de dólares em swaps cambiais tradicionais que expiram no começo de novembro, em um total de 304.120 contratos.

"A execução desta rolagem prevê a realização de leilões diários de swap tradicional e compreenderá o período necessário para que todo o estoque vincendo em 1°/11/2022 seja renovado", disse o Bacen em nota à imprensa publicada em sua página na internet.

"O BC poderá alterar o lote ofertado a cada dia, ou mesmo acatar propostas em montante inferior à oferta, conforme as condições de demanda pelo instrumento, sem prejuízo do objetivo de rolagem integral do vencimento."

A rolagem começará com oferta de até 16 mil contratos de swap cambial distribuídos entre os vencimentos 1º de fevereiro de 2023 e 3 de julho de 2023. O acolhimento das propostas ocorrerá entre 11h30 e 11h40 da quinta-feira, com resultado na sequência.

O Bacen tem 100,337 bilhões de dólares em estoque de contratos de swap cambial tradicional no mercado.

O swap é um derivativo que permite troca de taxas ou rentabilidade de ativos financeiros. No caso do swap cambial tradicional, o título paga ao comprador a variação da taxa de câmbio acrescida de uma taxa de juros (cupom cambial). Em troca, o BC recebe a variação da taxa Selic.

O objetivo do BC com esse instrumento é evitar movimento disfuncional do mercado de câmbio, provendo hedge cambial --proteção contra variações excessivas do dólar em relação ao real-- e liquidez aos negócios. A colocação de contratos de swap tradicional, portanto, funciona como injeção de dólares no mercado futuro.

(Por José de Castro)