Mercado fechado
  • BOVESPA

    126.285,59
    +1.673,56 (+1,34%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.344,11
    +433,58 (+0,85%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,42
    +0,03 (+0,04%)
     
  • OURO

    1.808,00
    +8,30 (+0,46%)
     
  • BTC-USD

    39.974,61
    +959,55 (+2,46%)
     
  • CMC Crypto 200

    938,33
    +8,40 (+0,90%)
     
  • S&P500

    4.400,64
    -0,82 (-0,02%)
     
  • DOW JONES

    34.930,93
    -127,59 (-0,36%)
     
  • FTSE

    7.016,63
    +20,55 (+0,29%)
     
  • HANG SENG

    25.473,88
    +387,45 (+1,54%)
     
  • NIKKEI

    27.581,66
    -388,56 (-1,39%)
     
  • NASDAQ

    14.985,25
    -26,25 (-0,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0660
    +0,0075 (+0,12%)
     

BC adia cronograma de implementação do Open Banking no Brasil; confira as novas datas

·3 minuto de leitura
BC adia cronograma de implementação do Open Banking no Brasil; confira as novas datas
BC adia cronograma de implementação do Open Banking no Brasil; confira as novas datas

A implementação do Open Banking no Brasil vai atrasar. Inicialmente previsto para ser concluído até 30 de agosto deste ano, o sistema bancário aberto teve seu cronograma novamente adiado pelo Conselho Monetário (CMN) e pelo Banco Central (BC). A expectativa agora é de que a integração de todos os pagamentos ao Open Banking seja finalizada somente em 30 de setembro de 2022.

De acordo com Diogo Silva, chefe de Subunidade do Departamento de Regulação do BC, o principal fator que justificou o adiamento foi a necessidade de testagem do sistema de compartilhamento de dados.

“Temos várias entregas [de etapas do Open Banking] simultâneas e as instituições precisam testar as implementações e buscar certificações. Elas querem conferir antes de estar disponível para os consumidores”, explicou Silva.

Atualmente, o Brasil ainda está na primeira fase do Open Banking, em vigor desde 1° de fevereiro. Nesta etapa, os bancos podem compartilhar dados sobre produtos, canais de atendimento, serviços e localização de agências. Com base nessas informações, as instituições estão habilitadas a fazer comparações por meio de APIs.

A segunda etapa, no entanto, não será alterada. O estágio, programado para entrar em vigor no dia 15 de julho deste ano, vai envolver a troca de informações cadastrais e de transações financeiras, o que permitirá a portabilidade de dados com outros bancos e fintechs.

Prédio do Banco Central brasileiro
Testes envolvendo o compartilhamento de dados vão adiar a implementação do Open Banking no Brasil. Foto: rafastockbr/Shutterstock

Adiamentos

As mudanças alteraram o cronograma do Open Banking da fase 3 em diante. A partir do dia 30 de agosto, os serviços de transferência via PIX serão incluídos ao sistema bancário aberto.

No dia 15 de dezembro será iniciada a quarta etapa, que integrará produtos financeiros como operações de câmbio, de seguro, de investimentos e de previdência privada. Aliás, nessa fase o Open Banking será ampliado e passará a ser chamado de open finance.

Transferências para contas do mesmo banco e TEDs, boletos bancários e serviços de débito em conta — que inicialmente seriam integrados na mesma etapa que o PIX — vão ser incluídos somente em 2022, em 15 de fevereiro, 30 de junho e 30 de setembro, respectivamente.

Neste meio tempo, em 31 de maio do ano que vem, também ocorrerá o compartilhamento de dados de produtos financeiros dos clientes.

Leia mais:

Confira como ficou o cronograma de implementação do Open Banking no Brasil após as mudanças.

  • 15 de julho de 2021 (sem alterações) — Início da fase 2, com a troca de dados cadastrais e de transações entre as instituições.

  • 30 de agosto de 2021 — Início da fase 3, com o compartilhamento de serviços de transferências pelo PIX.

  • 15 de dezembro de 2021 — Início da fase 4, com a troca de informações entre as instituições sobre produtos financeiros como câmbio, investimentos, previdência e seguros.

  • 15 de fevereiro de 2022 — Compartilhamento de serviços de transferências entre contas do mesmo banco e TEDs

  • 30 de março de 2022 — Compartilhamento do envio de propostas de operações de crédito a clientes que aderirem ao Open Banking

  • 31 de maio de 2022 — Compartilhamento de dados de clientes sobre operações financeiras como câmbio, investimentos, previdência e seguros

  • 30 de junho de 2022 — Compartilhamento de serviços de pagamento por boleto

  • 30 de setembro de 2022 — Compartilhamento de serviços de débito em conta

Fonte: Agência Brasil

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos