Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,13 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,50
    +0,46 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.763,90
    -10,90 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    33.939,39
    -2.032,81 (-5,65%)
     
  • CMC Crypto 200

    888,52
    -51,42 (-5,47%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,37 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.017,75
    -138,50 (-0,98%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0361
    +0,0736 (+1,23%)
     

BBVA venderá ativos imobiliários ao fundo Cerberus por € 4 bilhões

(Arquivo) Sede do BBVA, em Madri

O banco espanhol BBVA anunciou nesta quarta-feira que venderá a maioria de seus ativos imobiliários ao fundo americano Cerberus Capital Management por 4 bilhões de euros.

Com a operação, que deve ser concluída no segundo semestre de 2018, o BBVA cederá ao Cerberus 80% de uma estrutura que reúne o conjunto dos ativos avaliados em aproximadamente 5 bilhões de euros.

A operação é a segunda de grande porte anunciada pelo banco em dois dias. Na terça-feira, o BBVA informou que estava disposto a aceitar uma oferta de 2,2 bilhões de dólares do Scotiabank para vender 68% de sua filial no Chile.

A operação anunciada nesta quarta-feira permitirá ao BBVA, segundo maior banco espanhol, retirar de suas contas boa parte dos ativos imobiliários "tóxicos" acumulados durante a crise econômica (2008-2013).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos