Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.061,99
    -871,79 (-0,72%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.867,62
    +338,65 (+0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    60,83
    -0,52 (-0,85%)
     
  • OURO

    1.793,60
    +0,50 (+0,03%)
     
  • BTC-USD

    53.789,35
    -2.138,23 (-3,82%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.244,44
    -18,52 (-1,47%)
     
  • S&P500

    4.173,42
    +38,48 (+0,93%)
     
  • DOW JONES

    34.137,31
    +316,01 (+0,93%)
     
  • FTSE

    6.895,29
    +35,42 (+0,52%)
     
  • HANG SENG

    28.736,25
    +114,33 (+0,40%)
     
  • NIKKEI

    29.099,93
    +591,38 (+2,07%)
     
  • NASDAQ

    13.900,25
    -19,00 (-0,14%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7074
    +0,0054 (+0,08%)
     

BBB21: Por que Rodolffo e pessoas brancas precisam assumir que são racistas?

Stefanie Gaspar
·4 minuto de leitura
Rodolffo fala com Camilla sobre comentário racista
Rodolffo fala com Camilla sobre comentário racista

O embate entre João e Rodolffo durante o jogo da discórdia da noite desta segunda-feira (05), coroou um dos debates raciais mais tensos da edição, e colocou em questão um padrão de homens brancos que participam do reality afirmando buscarem a desconstrução, mas colocando na mão de pessoas negras, LGTBQ+ e mulheres a responsabilidade por tal educação.

Durante o jogo da discórdia, João desabafou ao vivo sobre a mágoa e o gatilho que enfrentou ao ter seu cabelo afro comparado com uma peruca de homem das cavernas em uma fala de Rodolffo. Questionado a respeito da fala racista, Rodolffo não se abalou, e reafirmou que de fato o cabelo de João se parecia com a peruca do castigo do monstro. 

Leia também

Abalado, João chorou, e afirmou: "Não adianta você vir com discurso de que não foi sua intenção, de que você não teve a intenção, que eu tô cansado de ouvir isso e não é só aqui dentro, é lá fora também. Nunca ninguém tem a intenção de machucar, nunca ninguém tem a intenção de fazer as coisas com a gente". A fala de João traduz o racismo estrutural do Brasil.

O que Rodolffo e grande parte dos participantes do BBB não compreendem é a questão do impacto ser mais importante do que a intenção. O racismo - assim como a homofobia e a misoginia - é estrutural da sociedade patriarcal brasileira, e é essencial que pessoas brancas desconstruam falas problemática sem sobrecarregar emocionalmente quem é vítima dessa estrutura.

De acordo com Izabel Accioly, mestra em Antropologia Social pela UFSCar, Rodolffo se recusa a assumir responsabilidade por seu racismo ao dizer que está em constante aprendizado, e o argumento de que ele deve ser ensinado por ser um homem "chucro" do interior não faz sentido. 

"O Rodolffo é um homem branco, adulto, que tem condição financeira confortável e estável, o que faz com que ele seja plenamente capaz de pesquisar alguns temas e comprar livros. Ele tem esse acesso, tanto de informação através de redes sociais quanto de dinheiro para comprar esses bens. Ele escolhe não fazer. Quando o racismo dele é apontado, ele coloca esse racismo como algo que é inerente ao lugar dele de homem branco que veio do mato. Mas será que todo mundo que não mora em capital é racista como o Rodolffo? Não", explica.

Seu letramento racial ou de gênero é obrigação sua

Para a antropóloga, Rodolffo não tem o direito de exigir que pessoas negras violentadas por seus discursos o ensinem sobre pautas raciais. "Na fala racista dele, em vez de entender que esse trabalho é algo que ele tem que fazer por ele, ele coloca para as pessoas negras esse trabalho de explicar. Então ele retira dele mesmo a responsabilidade do ato, e coloca as pessoas negras como responsáveis. Ele se coloca no lugar de vítima. Então ele a todo momento faz estratégias para se safar da responsabilidade. Ele tem plena capacidade de se posicionar, de aprender. A questão é: ele quer? Rodolffo não parece ter interesse nisso".

Maíra Azevedo, a Tia Má, já havia se posicionado sobre a fala racista de Rodolffo, e comentou que pessoas negras estão cansadas de chorar e sofrer novos traumas diariamente por falas e atitudes como as defendidas pelo sertanejo.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.
Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Logo após a discussão entre João e Rodolffo, o sertanejo continuou minimizando a situação e afirmou que jamais foi racista, e levou uma "aula" de Camilla de Lucas, que explicou que o responsável pelo processo de desconstrução que ele alega ter como objetivo deve ser unicamente ele.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Camilla foi muito elogiada pelos brothers e nas redes sociais por ter defendido seu ponto de vista em relação a Rodolffo, e pediu que o brother pare de justificar o injustificável e apenas peça desculpas para João.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.