Mercado fechado

'BBB 20': Informações preciosas, fãs e muito calor, o que rola na Casa de Vidro

Caon, Ivy, Renata e Daniel estão confinados na Casa de Vidro do 'BBB 20' (Globo / Victor Pollak)

Relembrando edições passadas, o ‘Big Brother Brasil 20’ ressuscitou a Casa de Vidro e dois participantes entrarão no jogo. Localizada em um shopping do Rio de Janeiro, o espaço tem atraído dezenas de pessoas todos os dias e o Yahoo! foi conferir como é o dia a dia dos participantes.

Já conhece o Instagram do Yahoo Vida e Estilo? Siga a gente!

Confinados em um espaço de um cômodo, com quatro camas, mesa, aparador, enfeites, rack e uma televisão, eles disputam até esta terça-feira (3) duas vagas: um homem e uma mulher entram no jogo. Próximo a uma das saídas do shopping, o local é vigiado por 10 seguranças e conta com uma equipe de apoio da TV Globo.

Leia também

Para chegar perto dos confinados a emissora criou uma fila, que não anda porque as pessoas ficam paradas tentando interagir com os participantes. Populares de todos os locais da Cidade, e turistas, têm ficado alguns minutos observando os novos famosos. “O Daniel é o mais animado, ele que deveria entrar”, comenta uma mãe acompanhada de duas filhas pequenas ao deixar a área do confinamento revendo os vídeos que fez do participante no celular.

Outros não estão ali pelos brothers, mas para ter a chance de aparecer na televisão. “Hoje não vou assistir o programa porque quero aparecer no ao vivo. Que horas será que o Tiago vai chamar aqui?”, perguntou um admirador que havia passado o dia no local e festejava ter dado entrevistas para diversos veículos.

Antes da sessão de cinema um casal de rapazes comentavam de longe sobre a experiência de ver pessoas exibidas como animais, mas não resistiram e foram mais perto observar os confinados com outro discurso. “O que vale por um milhão e meio? Aquele ali não parece estar com tanta vontade quanto os outros”, comentou um dos rapazes sobre Caon.

Casa de Vidro localizada em um shopping do Rio (Globo / Victor Pollak)

Animados, principalmente Daniel, eles se comunicam como podem com os visitantes. Caon é mais tímido e introvertido, parece incomodado às vezes com as pessoas. Renata e Ivy são animadas e dispostas.

Na maior parte do tempo dizem ‘obrigado’, ‘obrigada' e ‘vota em mim’, além de fazerem corações com as mãos. Eles também posam para fotos, aparecem em selfies e gravam vídeos para as redes sociais dos futuros fãs - sim, eles já existem.

Durante o tempo em que estivemos no local, Daniel e Renata estavam reclamando do calor no espaço. Mas não é só dentro do confinamento que estava quente, na área externa também. O local foi instalado perto de uma das saídas, ou seja, o ar-condicionado não dá chega.

O grande irmão

Não dá para ouvir do lado de fora o que os brothers dizem ou conversam, a não ser quando gritam e som vaza, já que o teto não é selado. Eles, no entanto, já fazem leitura labial. Vários conseguiram entender e conhecer fatos importantes do jogo.

Eles já sabem que Marcela disse a verdade; que Lucas, Prior e Hadson armaram sim para desmoralizar Bia e Mari; que Pyong é um estrategista; que Victor Hugo e Gabi são as plantas da edição até agora; que Bianca precisa abrir o olho; que há um movimento para tirar primeiro o Petrix e depois o Hadson.

Mas essa comunicação não é das mais fáceis, principalmente depois da visita de Boninho à Casa de Vidro. “Os seguranças estão pedindo para tirar os cartazes. Quando eles viram as costas as pessoas ou abrem o cartaz ou mostram a mensagem na tela do celular”, diz Daniel. E vem aí mais dois brothers com informações importantes para esse jogo.