Mercado fechado
  • BOVESPA

    115.202,23
    +2.512,05 (+2,23%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.342,54
    +338,35 (+0,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,28
    +2,45 (+3,84%)
     
  • OURO

    1.698,20
    -2,50 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    47.766,67
    +432,76 (+0,91%)
     
  • CMC Crypto 200

    982,93
    +39,75 (+4,21%)
     
  • S&P500

    3.841,94
    +73,47 (+1,95%)
     
  • DOW JONES

    31.496,30
    +572,16 (+1,85%)
     
  • FTSE

    6.630,52
    -20,36 (-0,31%)
     
  • HANG SENG

    29.098,29
    -138,50 (-0,47%)
     
  • NIKKEI

    28.864,32
    -65,79 (-0,23%)
     
  • NASDAQ

    12.652,50
    +197,50 (+1,59%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7797
    -0,0062 (-0,09%)
     

BB diz que não há decisão sobre Cielo; Bradesco nega estudo para fechar capital

Paula Arend Laier
·1 minuto de leitura
Logo da Cielo na B3 em São Paulo

Por Paula Arend Laier

(Reuters) - O Banco do Brasil comunicou nesta segunda-feira que não há qualquer decisão no âmbito de sua governança sobre a Cielo neste momento, afirmando, contudo, que "avalia constantemente oportunidades e alternativas que contribuam com sua estratégia corporativa".

O comunicado do BB vem após o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, publicar no fim de semana que, depois de meses estudando diversas alternativas, o Bradesco e o Banco do Brasil --que dividem o controle da empresa de meios de pagamentos--estão concluindo estudos para o fechamento do capital da Cielo.

Em nota separada, a Cielo divulgou a resposta do BB e também a do Bradesco. "Em relação à nota publicada pelo colunista Lauro Jardim, citando planos para fechar o capital da Cielo, informamos que não estamos estudando nada neste sentido no momento", afirmou o Bradesco, segundo a Cielo.