Mercado fechado

BB diz que já tem 3,8 milhões de clientes ‘nativos digitais’

Álvaro Campos e Talita Moreira

“A era digital mudou hábitos e comportamentos do consumidor, de modo que o seu grau de exigência aumentou", aponta instituição O Banco do Brasil (BB) afirmou que já tem 3,8 milhões de cientes “nativos digitais”, ou seja, aqueles que começaram seu relacionamento com o banco por meio de canais digitais. O número teve alta de 56% em 2019, em relação a um ano antes. Desses clientes, 83,1% têm até 40 anos.

“Este crescimento reforça o compromisso do banco com a ampliação do volume de negócios com novos clientes (principalmente o público jovem)”, diz o BB. “A era digital mudou hábitos e comportamentos do consumidor, de modo que o seu grau de exigência aumentou. Donos de um poder sem precedentes, os consumidores demandam diálogo, compromisso e transparência das empresas. Nesse contexto, em vez de observar a mudança acontecer, o Banco do Brasil tem a capacidade de se tornar protagonista, também, nos canais digitais”, acrescenta.

Reprodução / Facebook Banco do Brasil

Segundo o BB, em 2019, as transações realizadas pelos canais de atendimento internet e mobile representaram 80,4% das transações totais. O mobile tem 14,1 milhões de usuários recorrentes - que utilizaram o app pelo menos uma vez nos últimos três meses. Desse total, quase 5 milhões acessam o aplicativo diariamente.

De acordo com o BB, os canais digitais já representaram 48,0% do desembolso em crédito pessoal, 10,9% no crédito consignado, 26% das aplicações e resgates nos fundos de investimento e 40,3% na quantidade de operações de contratação de serviços (contas, pacotes de serviços, fundos de investimento, cartão, capitalização, seguros e consórcios).