Mercado fechado
  • BOVESPA

    115.667,78
    +440,32 (+0,38%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.151,38
    -116,95 (-0,26%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,40
    +0,18 (+0,28%)
     
  • OURO

    1.803,60
    +5,70 (+0,32%)
     
  • BTC-USD

    49.409,84
    +1.476,71 (+3,08%)
     
  • CMC Crypto 200

    979,60
    -35,32 (-3,48%)
     
  • S&P500

    3.925,43
    +44,06 (+1,14%)
     
  • DOW JONES

    31.961,86
    +424,51 (+1,35%)
     
  • FTSE

    6.658,97
    +33,03 (+0,50%)
     
  • HANG SENG

    29.718,24
    -914,40 (-2,99%)
     
  • NIKKEI

    29.671,70
    -484,33 (-1,61%)
     
  • NASDAQ

    13.294,75
    -7,25 (-0,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5784
    -0,0321 (-0,49%)
     

Bayer vai produzir vacina da CureVac contra covid-19

·1 minuto de leitura
Bayer vai produzir vacina da Curevac contra covid-19

O grupo farmacêutico Bayer anunciou nesta segunda-feira (1) que produzirá, a partir de 2022, a vacina contra o coronavírus que está sendo desenvolvida pela empresa alemã CureVac.

"Estou feliz de anunciar que temos a capacidade necessária para produzir a vacina da CureVac baseada no RNAm", afirmou o diretor do setor farmacêutico da Bayer, Stefan Oelrich.

O executivo informou que o objetivo da empresa é produzir 160 milhões de doses nos primeiros 12 meses.

"Ainda é necessário aumentar a disponibilidade das vacinas", acrescentou Oelrich.

Essas capacidades vão-se somar à produção na rede já existente da CureVac de 300 milhões de doses este ano, e 1 bilhão, em 2022, afirmou o CEO da CureVac, Franz-Werner Haas, cujo projeto de vacina se encontra na fase 3 de testes clínicos.

Atualmente, está "em processo de certificação", disse o ministro da Saúde, Jens Spahn, na mesma entrevista coletiva.

Segundo o ministro, garantir a produção da vacina no longo prazo é importante, diante de possíveis mudanças, ou da necessidade de uma segunda vacinação dentro de um ano, ou mais.

Bayer e o laboratório da CureVac, com sede em Tübingen, anunciaram em janeiro deste ano uma parceria para acelerar o desenvolvimento de vacinas.

kih/hmn/bp/me/es/fp/tt