Mercado fechado

Batman: Edição especial faz um tributo ao seu mais importante escudeiro

Claudio Yuge

Impossível não falar sobre um spoiler ao falar sobre essa edição especial, mas, bem, esse anúncio está estampado nas próprias descrições da revistas, distribuídas pela DC Comics. Mas se não quiser saber sobre o que vem por aí nas revistas do Batman, pare por aqui.

Bem, a passagem polêmica do roteirista Tom King deixou cicatrizes na cronologia do Homem-Morcego e uma delas foi a morte de seu mais importante aliado, Alfred Pennyworth. Em Batman #77, lançado em agosto, ele sofreu uma morte terrível nas mãos de Bane, o que deixou Bruce Wayne completamente sem chão — afinal, seu fiel escudeiro havia, até então, estado constantemente ao seu lado, nos piores momentos, em toda sua trajetória.

(Imagem: Reprodução/DC Comics)

Batman: Pennyworth R.I.P. é escrito pelo novo responsável pelo título mensal, James Tynion, em parceria com Peter J. Tomasi, que assumiu Detective Comics. Os principais desenhistas dessa revista são os brasileiros Eddy Barrows (Asa Noturna) e Eber Ferreira (Mulher-Maravilha).

Trama promete ser sentimental

De acordo com a descrição da DC Comics, a edição tem o seguinte mote: “Alfred Pennyworth serviu a família Wayne por décadas — mesmo durante a terrível perda dos pais do Cavaleiro das Trevas. Sua chocante morte nas mãos de Bane é o único evento que poderia se comparar à noite fatídica no Beco do Crime, e deixa Bruce em uma encruzilhada semelhante”.

E continua: “Se Alfred era a cola que mantinha a Família Morcego unida, como Batman lidaria com tudo isso desmoronando? E se o Cruzado de Capa estiver realmente sozinho, ele pode pendurar essa capa de uma vez por todas? Ou superar e continuar com essa busca vingativa para sempre?”, complementa o anúncio.

(Imagem: Reprodução/DC Comics)

Esse é o fim da jornada de Tom King, que deveria ter durado 100 exemplares e vai encerrar no número 85. Entre algumas das polêmicas de sua passagem estão o quase casamento com a Mulher-Gato, a revelação de que Bruce Wayne teria tentado o suicídio quando criança e que, no final das contas, Batman não luta mais com bandidos para vingar seus pais… E sim por que gosta.

Bem, com Alfred fora de cena, pelo menos enquanto durar sua morte, o Homem-Morcego pode continuar seu caminho de vingança novamente. Batman: Pennyworth R.I.P. será lançado em apenas uma edição, com 48 páginas, e tem previsão de chegada às bancas gringas no dia 12 de fevereiro de 2020.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: