Mercado abrirá em 9 h 40 min
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,74 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,42
    +3,27 (+4,80%)
     
  • OURO

    1.795,20
    +7,10 (+0,40%)
     
  • BTC-USD

    57.675,80
    +3.306,84 (+6,08%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.439,40
    -16,01 (-1,10%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,06 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    24.055,96
    -24,56 (-0,10%)
     
  • NIKKEI

    28.738,51
    -13,11 (-0,05%)
     
  • NASDAQ

    16.226,75
    +175,75 (+1,09%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2999
    -0,0486 (-0,77%)
     

The Batman │ Data de lançamento, trailers, o que esperar e mais

·13 min de leitura

Poucos heróis são tão populares quanto o Batman para ganhar tantas adaptações em tão pouco tempo. O personagem caminha para sua terceira versão nos cinemas em menos de 20 anos — e isso parece não ser um problema, já que o hype em torno de The Batman é proporcional ao barulho que o novo longa vem causando.

E toda essa expectativa vem justamente do fato de o novo filme prometer fazer algo diferente de tudo o que já vimos do Homem-Morcego até então. Assim como nos quadrinhos, o herói é multifacetado de modo que cada encarnação sua nas telonas segue por um rumo diferente, sem que isso o descaracterize. Na versão que veremos em 2022, tudo indica que teremos o Cavaleiro das Trevas mais psicológico do que nunca e abusando de suas habilidades detetivescas — mas sem abrir mão da pancadaria.

Nova versão do Batman vai ser mais intimista, mas isso não significa que ela não vai partir pra porrada (Imagem: Reprodução/Warner Bros.)
Nova versão do Batman vai ser mais intimista, mas isso não significa que ela não vai partir pra porrada (Imagem: Reprodução/Warner Bros.)

O curioso é que todo esse hype sucedeu uma série de problemas de produção e polêmicas, com direito a surtos de covid-19 nos sets de filmagem e muita gente reclamando das decisões da Warner Bros, seja de descontinuar a ideia estabelecida por Zack Snyder lá atrás ou mesmo de tirar essa história do Universo Cinematográfico Estendida da DC (DCEU, na sigla em inglês), fazendo sua trama funcionar de forma muito mais isolada, como aconteceu com Coringa.

Só que o tempo passou e tudo o que foi mostrado de The Batman fez até mesmo o mais cético dos fãs se render ao que o diretor Matt Reeves imaginou para o herói. Tanto que o longa já desponta como uma das estreias mais aguardadas de 2022, mesmo com pouca coisa tendo sido revelada sobre ele até agora. Mas todo esse hype é justificado?

The Batman: Elenco

As controvérsias em torno de The Batman começaram já na escolha de elenco. Quando o projeto foi anunciado inicialmente, ele foi apresentado como um projeto encabeçado e estrelado por Ben Affleck como uma forma de expandir a sua versão do Homem-Morcego apresentada em Batman vs. Superman: A Origem da Justiça. Só que a péssima recepção de Liga da Justiça fez a Warner rever todo o planejamento previsto.

A escolha de Pattinson como Batman revoltou muita gente, mas trailers mostraram que ator foi uma excelente escalação (Imagem: Reprodução/Warner Bros.)
A escolha de Pattinson como Batman revoltou muita gente, mas trailers mostraram que ator foi uma excelente escalação (Imagem: Reprodução/Warner Bros.)

Foi nessas mudanças que Ben Affleck acabou dando adeus ao filme e, em seu lugar, entrou Robert Pattinson, o eterno Edward de Crepúsculo. Isso fez muita gente torcer o nariz para a escolha, alegando que o fato de ele já ter sido um vampiro na franquia adolescente iria atrapalhar a visão que as pessoas teriam do filme. Contudo, bastaram as primeiras imagens começarem a circular para as opiniões mudarem completamente.

A verdade é que Pattinson já se mostrou um grande ator e que o passado de Crepúsculo há muito tempo já foi superado. Além de ter trabalhado com Christopher Nolan em Tenet, ele atuou tanto em grandes produções quanto em filmes mais conceituais e que mostram que ele evoluiu muito desde que foi Edward Cullen.

Assim, a decisão de torná-lo o novo Batman casa perfeitamente com a ideia de trazer essa versão mais intimista e psicológica. E como a ideia é trazer esse Batman ainda em início de carreira, trazer alguém jovem e com essa capacidade de interpretação é fundamental.

The Batman também vai trazer um Jim Gordon antes de ser comissário (Imagem: Reprodução/Warner Bros)
The Batman também vai trazer um Jim Gordon antes de ser comissário (Imagem: Reprodução/Warner Bros)

Além dele, outros nomes rapidamente chamaram a atenção no elenco. Jeffrey Wright foi escalado para ser o Jim Gordon antes de ele se tornar o icônico comissário que a gente conhece das HQs. Segundo o ator, o fato de ele ser um policial ainda na linha de frente em Gotham vai permitir que ele vá mais para a ação do que vimos nos filmes anteriores e que isso deve ser uma diferença significativa em relação a seus antecessores — o que deve ser aproveitado na série derivada que ele vai ganhar na HBO Max. Uma abordagem semelhante devemos ter com o Alfred de Andy Serkis, embora pouco tenha sido mostrado sobre ele até então.

Por outro lado, quem recebeu bastante destaque até agora — principalmente após a DC Fandome — foi a atriz Zoë Kravitz, que vai ser a nova Mulher-Gato. Ainda não sabemos ao certo como será o seu papel na trama, mas as cenas apresentadas no trailer mostram que ela deve ser a responsável por mostrar ao Batman que o mundo não é tão preto e branco quanto ele sempre acreditou e que, apesar de seus métodos serem bem diferentes, ela acredita que os dois compartilham da mesma natureza.

Zoë Kravitz é uma das Mulher-Gato mais lindas que o cinema já viu (Imagem: Reprodução/Warner Bros.)
Zoë Kravitz é uma das Mulher-Gato mais lindas que o cinema já viu (Imagem: Reprodução/Warner Bros.)

Isso tudo faz dela uma personagem bastante interessante em The Batman. Além de a atriz ser realmente muito bonita, ela sabe usar muito bem a sedução a seu favor para compor a icônica anti-heroína a ponto de deixar o Cavaleiro das Trevas desconfortável e sem saber como agir. Ao mesmo tempo, o trailer já apresenta que o descontrole do herói vai chocá-la e isso pode ser um ponto de virada na jornada do personagem.

Já do lado dos vilões, temos um irreconhecível Colin Farrell como Pinguim. O ator já disse que estará em poucas cenas do filme e que seu papel na trama não será tão grande quanto muitos esperam, mas ele teve grande destaque no trailer exibido na DC Fandome. Ao que tudo indica, devemos vê-lo como um dos chefes da máfia em Gotham e não como o caricato vilão apaixonado por aves antárticas e guarda-chuvas. Ainda assim, é uma pena não vermos mais dele, ainda mais depois do excelente trabalho de caracterização para transformar Farrell nesse senhor de meia-idade. Por outro lado, rumores apontam que o Pinguim também deve ganhar sua própria série na HBO Max no futuro.

É até difícil acreditar que esse é o Colin Farrell (Imagem: Reprodução/Warner Bros.)
É até difícil acreditar que esse é o Colin Farrell (Imagem: Reprodução/Warner Bros.)

Só que o grande vilão mesmo de The Batman vai ser o Charada, vivido por Paul Dano. O curioso é que, até agora, a gente não sabe absolutamente nada sobre ele. Nos dois trailer que foram divulgados, ele apareceu muito pouco e sempre foi tratado mais como essa ameaça invisível em Gotham que vai testar os limites do herói, mas a gente não sabe ao certo o que ele é capaz de fazer e nem mesmo as suas motivações. Há alguns indícios em relação a isso, mas nada muito concreto.

A única coisa que sabemos é que seu visual e sua personalidade em nada lembram a versão do vilão vivida por Jim Carrey em Batman Eternamente. Esqueça o collant verde-limão, a bengala e o comportamento histriônico, pois a versão de Dano é bem mais fria e calculista. Tanto que os trailers já deixam claro que o seu plano vai ser capaz de desestabilizar o herói mesmo estando preso.

O Charada já se mostrou um vilão ameaçador mesmo aparecendo muito pouco (Imagem: Reprodução/Warner Bros)
O Charada já se mostrou um vilão ameaçador mesmo aparecendo muito pouco (Imagem: Reprodução/Warner Bros)

Assim, o elenco de The Batman confirmado até agora é composto por:

  • Bruce Wayne/Batman (Robert Pattinson)

  • Selina Kyle/Mulher-Gato (Zoë Kravitz)

  • James Gordon (Jeffrey Wright)

  • Edward Nashton/Charada (Paul Dano)

  • Oswald Cobblepot/Pinguim (Colin Farrell)

  • Alfred (Andy Serkis)

  • Carmine Falcone (John Turturro)

  • Promotor Gil Colson (Peter Sarsgaard)

The Batman: Trailers

Até o momento, a Warner apresentou dois trailers para The Batman — ambos exibidos na DC Fandome em 2020 e em 2021. A razão de tanta demora para a divulgação de novidades é que as filmagens do longa tiveram de ser interrompidas durante a pandemia após problemas com a covid-19 e isso fez com que o cronograma de divulgação também atrasasse. Tanto que foram vários meses sem qualquer imagem ou vídeo inédito do longa — ainda assim, o pouco que foi mostrado foi o suficiente para deixar todo fã empolgado.

No primeiro trailer, por exemplo, fomos apresentados ao Charada. Pedindo um fim nas mentiras, o vilão passa a realizar uma série de ataques como forma de desafiar o Batman. Tanto que a frase mais importante ali é o questionamento de “Se você for a justiça, por favor, não minta”.

Além disso, o trailer traz algumas cenas de ação do Homem-Morcego com a Mulher-Gato, além de um momento já marcante em que ele sai espancando um bandido de forma bastante brutal e descontrolada dizendo ser a vingança, deixando bem claro que essa versão do herói vai ser mais crua e até mesmo psicótica do que estamos acostumados a ver nos cinemas.

Já o segundo trailer, divulgado durante a DC Fandome de 2021, é bem mais focado nessa parte mais psicológica. Embora traga mais cenas de ação, temos uma visão bem mais clara do impacto das atitudes do Charada sobre o Batman. Ainda que a gente não veja exatamente o que o vilão fez e tampouco ele seja mostrado em definitivo, fica claro o impacto que tudo isso vai ter no herói. Levando em conta a pegada detetivesca que foi prometida, é quase como se o Cavaleiro das Trevas se sentisse acuado diante dessa ameaça e isso o deixasse ainda mais violento.

O trailer também dá um enorme destaque ao Pinguim, mostrando o Batman indo atrás do criminoso em uma perseguição com o Batmóvel. A cena toda é curta, mas muito boa por evidenciar que nada é capaz de parar o herói quando ele está obstinado em sua missão e é muito empolgante ver o seu carro sair das chamas para fazer o veículo do vilão capotar — seguido de um belíssimo momento em que ele caminha entre o fogo.

The Batman: O que esperar

Como dito, o principal ponto que a gente pode esperar de The Batman é um filme com um tom um pouco diferente daquilo que vimos em todos os filmes anteriores. Pelo que o diretor Matt Reeves já pontuou, essa deve ser uma história bem mais intimista e focada no lado psicológico do personagem — e possivelmente retratando-o como o maluco que o Batman sempre foi. Toda a violência e brutalidade que os trailers apresentaram apenas reforçam o descontrole do personagem, ainda mais levando em conta que estamos falando do início de sua carreira.

Trailers já deixaram claro que vamos ter um Batman totalmente fora de controle (Imagem: Reprodução/Warner Bros)
Trailers já deixaram claro que vamos ter um Batman totalmente fora de controle (Imagem: Reprodução/Warner Bros)

Segundo Reeves, a ideia não é trazer mais uma história de origem para o Homem-Morcego, uma vez que ninguém mais aguenta ver os Wayne morrendo nas telonas e o nome Martha se tornou um tabu depois de Batman vs Superman, então a solução encontrada foi colocar Bruce Wayne já atuando como um vigilante em Gotham, mas ainda longe de ser o herói que a gente conhece. A proposta é fazer com que o filme seja de um personagem ainda em construção, ou seja, ele já possui alguma experiência no combate a criminosos, mas ainda não tem uma galeria de vilões bem estabelecida.

Tanto que o gibi Batman: Ano Um é considerado como uma das principais inspirações do longa. Ainda que não se trate de uma adaptação direta da história de Frank Miller, toda a raiva e descontrole do Batman que vimos parecem ter saído dessa HQ, assim como essa construção da carreira de Jim Gordon na polícia de Gotham.

Ao mesmo tempo, histórias como O Longo Dia das Bruxas também estão sendo tratadas como base para o clima detetivesco. Na HQ, os chefes da máfia começam a ser mortos e o herói precisa descobrir quem é o responsável pelos crimes. E o que dá a entender é que The Batman deve seguir por um mistério parecido com o Charada no papel principal, quase como se o vilão quisesse desafiar o Homem-Morcego para lhe entregar uma mensagem.

Parte do dilema do filme deve girar em torno do Batman se entender e descobrir sua relação com a cidade (Imagem: Reprodução/Warner Bros.)
Parte do dilema do filme deve girar em torno do Batman se entender e descobrir sua relação com a cidade (Imagem: Reprodução/Warner Bros.)

Por fim, há aquela história que o próprio Reeves já pontuou como sendo a principal inspiração para seu novo filme. Batman: Ego trabalha muito bem esse lado psicológico e intimista do personagem, com Bruce Wayne tentando entender o real propósito do símbolo que ele criou para combater o crime em Gotham. Afinal, essa representação do medo é algo que faz sentido? Ele é realmente tão necessário quanto gosta de pensar ou só sai espancando bandido por ser um maluco sádico?

Essas são questões que devem ser tratadas em The Batman. Com base em tudo o que foi mostrado até aqui, devemos ver o herói ainda em um conflito interno entre quem odeia a cidade tomada pelo crime que foi responsável pela morte dos seus pais e a busca por uma validação que faça ele ter certeza que ele não é só mais uma pessoa entregue à violência em Gotham e que ele é realmente o símbolo que acredita ser.

A tensão resultante desse embate vai mostrar o Batman não só como alguém descontrolado, mas também autodestrutivo, e o filme deve caminhar nessa jornada do herói entender quem ele é e qual sua real importância para Gotham. E é nesse ínterim que vamos ver surgir tanto o Pinguim como esse velho líder do submundo criminoso da cidade como o Charada, um novo tipo de ameaça que quer alcançar justamente esse tal símbolo de justiça que se ergueu. É por isso que aquela frase do primeiro trailer soa tão importante, pois é um questionamento do vilão que ecoa com as perguntas que o próprio Batman deve fazer para si.

A relação com a Mulher-Gato é quem deve trazer Bruce mais para a realidade e mostrar quem nem tudo se resolve socando bandido na rua (Imagem: Reprodução/Warner Bros.)
A relação com a Mulher-Gato é quem deve trazer Bruce mais para a realidade e mostrar quem nem tudo se resolve socando bandido na rua (Imagem: Reprodução/Warner Bros.)

É claro que o plano do Charada deve ir além de apenas causar uma crise de consciência no herói e deve ter alguma ameaça real a Gotham, o que faz com que tudo se torne uma corrida contra o tempo, exigindo também do intelecto do herói. Só que, para isso, ele vai precisar parar de atuar como esse cachorro louco que sai quebrando bandido na esquina para se tornar o grande detetive da DC — e isso é algo que a Mulher-Gato deve despertar nela.

Assim, mais do que ser um grande confronto contra um vilão, The Batman deve ser uma jornada muito mais pessoal do herói na tentativa de se descobrir e entender — tudo isso com muita porrada no meio.

The Batman: Data de lançamento

Assim como tantos outros filmes, The Batman foi uma das vítimas da pandemia da covid-19. A ideia original era que o filme chegasse aos cinemas em junho de 2021, mas o surgimento do novo coronavírus atrapalhou bastante a produção — até porque Robert Pattinson foi uma das pessoas que acabou sendo contaminada pela doença e precisou ficar em isolamento.

Por causa disso, The Batman foi jogado para outubro de 2021 e, em seguida, para 2022. Agora, a Warner promete lançar o filme no dia 4 de março de 2022.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos