Mercado fechado

Bateria do Galaxy S11 deve trazer muito mais capacidade do que a presente no S10

Felipe Junqueira

A Samsung vai aumentar, de novo, a capacidade da bateria de seus topo de linha no ano que vem. Por ora chamados de Galaxy S11, dois modelos tiveram a capacidade de carga vazada com mais miliampéres/hora que os modelos deste ano.

De acordo com as informações do site Winfuture.de, dados do órgão de segurança do consumidor da Coreia do Sul indicam que o Galaxy S11 vai carregar em seu interior uma bateria de 4.300 mAh, bem mais que os 3.400 mAh do Galaxy S10, e superior até à carga do Galaxy S10 Plus. Seria, inclusive, um “modelo derivado” da bateria do Note 10 Plus.

Já a versão mais barata, possivelmente o Galaxy S11e, vai ter um salto de 3.100 mAh para 4.000 mAh. Acredita-se ser essa a divisão por conta dos modelos de bateria de cada modelo: o S10e tinha o componente de código EB-BG970, enquanto a que se acredita ser de seu sucessor é o modelo EB BG980ABY.

Supostas baterias do Galaxy S11 e e do S11 (Foto: Reprodução/Safety Korea)

O aumento na carga é bem vindo. Um dos pontos fracos dos Galaxy S10 foi justamente a bateria, especialmente nos dois modelos mais baratos. Em 2019, as fabricantes se mexeram para entregar carga maior em todos os modelos topo de linha. Ao que tudo indica, esse movimento deve continuar no ano que vem, ao menos no que depender da Samsung.

Sobre outras características, rumores apontam que os modelos trarão câmera de 108 MP, depois de anos com um sensor de 12 MP. O design e as especificações de todos os modelos teriam sido definidos antes do final de outubro, de acordo com o leaker Ice Universe.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: